Dilma não se intimida com vaias e promete estar na final

dilma vaia

Estadão – A vaia recebida no Estádio Nacional de Brasília (Mané Garrincha), no último sábado, na abertura da Copa das Confederações, não afastará a presidente Dilma Rousseff da final da Copa das Confederações, no Maracanã, no dia 30 de junho. A assessoria do Palácio do Planalto confirmou ontem que ela estará no Rio para acompanhar a decisão.

Aliados e integrantes do governo avaliam que Dilma não deveria aceitar eventual convite para discurso ou até mesmo pedir para não aparecer no telão do Maracanã para evitar novas vaias na final da Copa das Confederações.

Uma resposta

  1. Vai ver o Escrete Canarinho correr atrás da Fúria, literalmente, caso Felipão insista em manter esse meio-campo que marca mal, e nada cria.

    Ninguém marca a Espanha.

    Os jogadores, com um conjunto muito grande, se movimentam constantemente, em bloco, dificultando a marcação.

    Quando perdem a bola, no mínimo três jogadores cercam o adversário, retomando a bola.

    Acho que a solução é não correr atrás da Espanha. É marcar por zona e jogar de igual pra igual, atacando também e com muito rapidez nos contra-ataques, o que a Seleção de Felipão não vem fazendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Ele é decente!

O prefeito de São José do Seridó Jackson Dantas já pagou o décimo terceiro salário dos servidores e vai entregar a prefeitura a sua sucessora

Leia Mais