Desemprego fica em 13% no trimestre até junho e afeta 13,5 milhões

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 13% no segundo trimestre deste ano, encerrado em junho, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados nesta sexta-feira (28/7), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em igual período de 2016, a taxa medida pela Pnad Contínua estava em 11,3%. No primeiro trimestre de 2017, o resultado ficou em 13,7%.

A fila do desemprego contava com 13,486 milhões de pessoas no segundo trimestre deste ano. O resultado significa que há mais 1,9 milhão de desempregados em relação a um ano antes, o equivalente a um aumento de 16,4%. Ao mesmo tempo, o total de ocupados caiu 0,6% no período de um ano, o equivalente ao fechamento de 562 mil postos de trabalho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

Categorias