Depois de mais de 20 dias de greve, bancários começam a retornar ao trabalho

Bancários de diversas cidades do país já começaram a retornar ao trabalho, segundo informações do presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), Carlos Cordeiro. A entidade propôs que os sindicatos de todo o país aceitassem a proposta apresentada na última sexta-feira (14) pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para o fim da greve, que chega hoje (17) a 21 dias.

Para o presidente da Contraf, o acordo firmado com a Fenaban “foi uma vitória e reforçará as reivindicações de outras classes de trabalhadores, que vão discutir daqui para frente seus acordos coletivos anuais”.

A proposta da Fenaban estabeleceu reajuste de 9% sobre os salários e de 12% sobre o piso da categoria, válido a partir de 1º de setembro. O valor do piso sobe de R$ 1.250 para R$ 1.400. Os bancários vão receber da instituição em que trabalham até 2,2 salários por ano, a título de Participação nos Lucros e Resultados (PLR). Pelo acordo, a categoria conquistou aumento real de 1,5%, e para o piso da categoria, o aumento real foi 4,3%. Os bancários vão repor os dias de paralisação até 15 de dezembro, o que afastou a possibilidade de desconto dos dias parados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

setembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias