Custo de vida de famílias com renda até 2,5 salários mínimos sobe 0,65%

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que mede a variação de preços da cesta de compras de famílias com renda até 2,5 salários mínimos, registrou inflação de 0,65% em novembro deste ano. A taxa é inferior à observada em outubro, que havia sido 0,73%. O IPC-C1 acumula índices de 4,39% no ano e 5,18% nos últimos 12 meses. O resultado também é menor que o do Índice de Preços ao Consumidor Brasil (IPC-BR), que calcula a inflação para todas as faixas de renda e que tem taxas de 0,68% em novembro e 5,59% em 12 meses.

A queda do IPC-C1 foi puxada por taxas menores em grupos de despesa como alimentação, que passou de 1,13% em outubro para 0,8% em novembro, e transportes, que passou de uma inflação de 0,26% para uma queda de preços de 0,03%. Também tiveram recuo as taxas de saúde e cuidados pessoais (de 0,58% para 0,43%) e educação, leitura e recreação (de 0,6% para 0,51%). Por outro lado, a inflação avançou nos grupos de despesas diversas (de 0,26% para 1,26%), habitação (de 0,69% para 0,77%), vestuário (de 0,69% para 0,78%) e comunicação (de 0,44% para 0,77%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Bacurau iludido em Caicó

Tem eleitor do MDB de Caicó que “ainda pensa” que o prefeito Robson Batata Araújo não escolheu para quem vai pedir voto de deputado estadual

Leia Mais

Natal prepara Reinado de Momo

Falta pouco menos de duas semanas para que, em todo o território nacional, sejam decretados quatro dias de festa, alegria e irreverência. Em Natal, o

Leia Mais