Cunha pode se salvar da própria cassação

O temido efeito colateral do impeachment da presidenta Dilma no Congresso já está em curso. O deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que agiu como o maior antagonista ao Governo de Dilma Rousseff, ganhou ares de vitorioso neste domingo. E agora sua bancada informal quer retribuir o serviço prestado.

Cunha, que é réu no Supremo Tribunal Federal por seu envolvimento na Lava Jato, está sob o risco de perder seu mandato no Conselho de Ética por ter mentido na Comissão Parlamentar de Inquérito da Petrobras, onde ele negou ter contas no exterior. Se isso acontecer, ele perderia o direito ao foro privilegiado, e poderá ser julgado pelo implacável juiz federal Sérgio Moro.

Uma resposta

  1. Se for consolidada e queda xe presidente Dilma,o maior complexo de informação de Brasil,o sistema Globo,irá mudar radicalmente a cobertura do noticiário.Começará a mostrar excessos xe Leva Jato,mostrará situações em que o Brasil dará certo…e por aí vai! O papel da Rede Globo será de uma espécie de a ‘Voz do Brasil”.Aguardemos,pois.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
Categorias