Criador do WhatsApp critica Justiça brasileira logo após bloqueio do aplicativo

Desde a meia-noite desta quinta-feira começou a valer o bloqueio do aplicativo WhatsApp, por determinação da 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo, que manteve o autor da ação sob sigilo. O criador do WhatsApp, Jan Koum, postou uma crítica à decisão da Justiça Brasileira, logo após o aplicativo parar de funcionar: “Estamos decepcionados com a decisão míope para cortar o acesso ao Whatsapp (…), e tristes por ver o Brasil se isolar do resto do mundo”:

criador

Segundo o jornal Extra, assunto já é o mais comentado no Twitter e está em primeiro lugar nos tranding topics Brasil da rede social. Ao tentar enviar uma mensagem, o usuário visualiza apenas o sinal de que o processo não foi concluído (o ícone de um relógio). Na internet, o bloqueio dividiu opiniões, com gente dizendo que sem o aplicativo haveria mais tempo para fazer outras coisas, mas a maioria ficou mesmo indignada com o cancelamento temporário do app. Houve até celebridade dando início a uma campanha para burlar o bloqueio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Didatismo

Apesar da oposição a Alexandre de Moraes para o STF, petistas admitem que a opção de Temer é mais acertada do que algumas de Lula

Leia Mais