Conselheiro da Eletrobras renuncia após definição de CEO

O membro do Conselho de Administração da Eletrobras, Mauro Gentile Cunha, renunciou ao cargo na estatal de energia. A informação, segundo a CNN Brasil, foi confirmada pela companhia, em nota. Cunha deixará também posto no comitê de auditoria e risco estatutário da empresa.

A renúncia dupla foi motivada por discordância na escolha do novo presidente da Eletrobrás, o atual secretário de Energia do Ministério de Minas e Energia, Rodrigo Limp. O novo CEO foi indicado pelo Ministério de Minas e Energia – uma vez que a União é a sócia controladora – e não pela empresa de consultoria contratada para auxiliar o processo sucessório na companhia.

“O Conselho de Administração da Eletrobras decidiu, contra o meu voto, acatar a indicação do acionista controlador para o cargo de presidente da Eletrobras. Tal decisão desviou do processo sucessório com o qual este conselho se comprometeu”, disse Mauro Cunha, na carta de renúncia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

agosto 2021
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Categorias