Congresso vota projeto para incluir autoridades na malha fina da Receita Federal

Depois de passar as últimas duas semanas votando projetos em resposta às manifestações populares que levaram mais de 1 milhão de brasileiros às ruas, os parlamentares terão esta semana uma prova de fogo: podem autorizar ou não a inclusão automática deles próprios, além de autoridades do Executivo e do Judiciário, na chamada malha fina da Receita Federal. O texto, que levará a uma análise mais rigorosa dos dados financeiros prestados por esses “escolhidos”, depende da aprovação dos senadores na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), que já adiou por três vezes a votação e tem a matéria incluída na pauta de amanhã.

O projeto de lei, apresentado em 2009, vai na contramão das muitas regalias que autoridades dos três poderes acumularam ao longo dos anos. Entre os muitos privilégios estão foro especial, auxílio-moradia, férias de 60 dias no ano e aposentadoria com vencimento integral, benefícios a que a imensa maioria dos trabalhadores comuns não tem direito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Vá entender!

A prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini quando foi governadora do Rio Grande do Norte alcançou índices altíssimos de rejeição, certo? Certo! Tanto é que o

Leia Mais