Com nota “C”, RN precisa ampliar ajuste fiscal para obter empréstimo com garantia da União

O governo vai apertar os critérios de análise da situação das contas dos estados e capitais, tornando mais rígida a avaliação. A mudança deve fazer que menos unidades da federação e municípios fiquem aptos a obter empréstimos com garantias da União, modalidade mais desejada pelos gestores locais por ser mais barata.

Os estados e as capitais são classificados pelo Tesouro em “notas”, de acordo com a sua capacidade de pagamento: A, B, C e D. Quem é classificado com as notas A e B consegue acessar empréstimos com garantias da União, sejam em organismos nacionais ou internacionais, e pode usar esse dinheiro para qualquer finalidade.

O Rio Grande do Norte (RN) está com nota “C”. Estados com nota C podem pedir empréstimos com garantias se entrarem no Plano de Promoção do Equilíbrio Fiscal, aprovado no fim do ano passado e que prevê um ajuste nas contas com exigência de uma série de medidas.

O Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Categorias