Choveu 39,9% acima do esperado em 2022 no RN

Depois de um ano mais seco (2021), com volume médio de chuva em torno de 600 milímetros (mm) na maior parte do território do Rio Grande do Norte, o Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou chuvas 39,9% acima do esperado em 2022. O volume acumulado no estado no período foi de 1.165,5 mm enquanto que o esperado era de 833,2 mm.  As precipitações ocorreram com boa distribuição temporal e espacial em todas as regiões do Estado. De acordo com as análises, somente o mês de fevereiro registrou volumes abaixo do esperado.

“Nos meses em que normalmente chove pouco (período agosto a dezembro), as chuvas apresentam desvios percentuais positivos”, comentou o chefe da unidade instrumental de Meteorologia, Gilmar Bristot.

Em termos de volumes totais no ano, o Litoral Leste foi a região onde mais choveu com o acumulado de 1.852,3mm, enquanto que o esperado era de 1428,1mm, representando 29,7% acima da média esperada. No Agreste choveu 52,3%, com 979,6 mm observados enquanto que o volume esperado para o período era de 643,4mm.

Gilmar Bristot explica que os bons volumes registrados no Rio Grande do Norte decorreram das condições termodinâmicas dos oceanos Atlântico e Pacífico associadas a outras condições meteorológicas favoráveis como Frentes Frias ocorridas ao longo de 2022. “No oceano Atlântico, a condição da temperatura da superfície do oceano Atlântico Sul, maior do que a temperatura superficial no Atlântico Norte, favoreceu o deslocamento da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), para próximo da Região Nordeste, que associado à presença do Fenômeno La Niña no oceano Pacífico, favoreceu a ocorrência de chuvas no período entre os meses de fevereiro a maio de 2022 para o interior do estado. Nos demais períodos do ano, ocorreram deslocamentos de Frentes Frias”, disse.

O meteorologista destaca a ocorrência de chuvas no município de São Vicente na região da Serra de Santana, que no mês de dezembro de 2022 registrou um volume de 164,7mm. “Neste mês do ano não são esperados volumes expressivos neste município, onde a média esperada é de 16,1mm”, comentou Bristot.

Os municípios onde mais choveu em 2022, por região, foram: Natal (Leste Potiguar) – 2.257 mm, Brejinho (Agreste) – 1.638,4mm, Campo Grande (Oeste): 1.743,8mm e São Fernando (Central): 1.287,1mm.

Acesse o Sistema de Monitoramento nos seguintes endereços eletrônicos: emparn.rn.gov.br, aba Meteorologia ou meteorologia.emparn.rn.gov.br.

Balanço de chuvas 2022 no RN –  Volumes Observados/Esperados

  • Estado- 1.165,5mm/833,2mm
  • Leste- 1.852,3mm/1.428,1mm
  • Oeste- 982,8mm/ 677mm
  • Agreste- 979,6mm/643,4mm
  • Central- 847,5mm/584,3mm

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
Categorias