Candidata do PSOL à Presidência propõe desmilitarização da polícia

luciana genro

A candidata do PSOL à Presidência da República, Luciana Genro, defendeu hoje (15) a desmilitarização das polícias militares como forma de enfrentar a violência policial. A candidata participou nesta segunda-feira (15) de panfletagem no centro de Porto Alegre. “Precisamos desmilitarizar, democratizar, dar treinamento e pagar salários dignos para que a polícia possa cumprir seu papel. As torturas e mortes que nós vimos na época da ditadura militar continuam acontecendo nas delegacias e nos presídios. Por isso, nós queremos uma transformação nas polícias, garantindo treinamento adequado e proteção aos direitos humanos da população”, disse a candidata,

Luciana disse que a violência praticada por policiais é uma herança do período da ditadura militar. Segundo a candidata, a impunidade de torturadores da ditadura levou a polícia a ignorar os direitos humanos. “Nós entendemos que a impunidade dos torturadores do passado se reflete na violência policial e no tipo de polícia que nós temos hoje, uma polícia que, em vez de garantir os direitos humanos, invade as periferias e tem uma postura de violação dos direitos humanos”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Categorias