Butantan admite preocupação com insumos da CoronaVac parados na China

91236087 SO Sao PauloSP17 01 2021 Vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria co Butantan admite preocupação com insumos da CoronaVac parados na China

Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, disse nesta segunda-feira (18) que o atraso na entrega de mais insumos para a produção da CoronaVac é motivo de preocupação. A matéria-prima para mais doses do imunizante contra o coronavírus está parada na China.

Contando apenas com o IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo), ou seja, o material necessário para preparar a vacina, que já está no país, a produção do Butantan se esgotará ainda nesta semana.

“A capacidade de produção do Butantan é de 1 milhão de doses por dia, a depender chegada da matéria-prima. A capacidade foi atingida neste momento com a matéria-prima disponivel. Precisamos do adicional: 46 milhões de doses é o contrato adicional. As dificuldades, do ponto de vista de autorização, são do governo chinês, que precisa autorizar o envio da matéria-prima. O insumo já está disponivel desde meados desse mês, e aguardamos essa autorização”, afirmou o diretor em entrevista coletiva na tarde desta segunda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Petrobras intimada

A Justiça Federal em Sergipe suspendeu a venda feita pela Petrobras da Petroquímica Suape e da Companhia Integrada Têxtil de Pernambuco (Citepe), anunciada em dezembro,

Leia Mais