Brasileiros são queimados vivos na Bolívia

Dois brasileiros que teriam matado a tiros três bolivianos na segunda-feira foram retirados da delegacia da cidade de San Matías, na fronteira da Bolívia com o Brasil, espancados e queimados vivos na terça-feira por um grupo de cerca de 400 pessoas, informaram autoridades da cidade.

Os brasileiros mortos foram Rafael Max Diez, de 27 anos, acusado de ter feito os disparos, e Jefferson Castro de Lima, de 22. “Os brasileiros dispararam contra um grupo de cinco pessoas, das quais três morreram e uma ficou gravemente ferida”, disse o vice-governador de San Matías, Matías Gil, em entrevista por telefone à Associated Press.

Segundo ele, há indícios de que o crime foi motivado pelo acerto de contas da venda de motocicletas, aparentemente roubadas. Matias Gil disse que os brasileiros são presidiários que fugiram de prisões brasileiras e que se refugiaram em San Matias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Categorias

O boa noite de Bolsonaro

Após o juiz Sérgio Moro ter determinado a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva , o deputado Jair Bolsonaro utilizou o Twitter para ironizar a situação.

Leia Mais