Banco Central reduz estimativa para inflação

O Banco Central passou a ver a inflação ainda mais abaixo do centro da meta em 2017 e 2018, caminhando ao redor deste alvo em 2019 e 2020, segundo Relatório Trimestral de Inflação divulgado
nesta quinta-feira (21). A instituição também voltou a indicar uma redução moderada no corte da taxa de juros básicos.

No documento, o BC calculou alta do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de 3,2% em 2017 e de 4,3% em 2018 pelo cenário de mercado, abaixo dos patamares de 3,3% e 4,4% vistos no comunicado da última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), no início deste mês. Neste ano e no próximo, a meta de inflação é de 4,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos. Para 2019, o BC calculou inflação de 4,2%, contra meta oficial de 4,25%, e 4,1% em 2020, para o qual o alvo fixado pelo governo é de 4%. Nos dois casos, a banda de tolerância das metas também é de 1,5 ponto percentual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Categorias

Que não seja a mesma coisa

Da nova Secretaria de Segurança Pública do RN, Sheila Freitas: “Não vamos dar trégua para os bandidos”. Tomara! Mas… todos dizem a mesma coisa quando

Leia Mais