Auxílio emergencial pode ir até 2021 se Renda Brasil não sair antes

Assessores do presidente Jair Bolsonaro defendem a prorrogação do auxílio emergencial até os primeiros meses de 2021 se o novo Bolsa Família, chamado de Renda Brasil, não for aprovado a tempo de entrar em vigor no início do ano que vem. Essa ideia surgiu depois que Bolsonaro rejeitou a proposta do Renda Brasil de Guedes.

De acordo com um assessor de Bolsonaro, a última versão para prorrogação do auxílio emergencial previa a continuidade do benefício até dezembro deste ano, com um valor cortado, de R$ 600 para R$ 300.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias

Aula de pompoarismo no TSE

Reportagem do Correio Braziliense mostra que o TSE costuma oferecer a seus funcionários atividades como massagem, cinema e cursinhos de beleza e energização. “Para se

Leia Mais

De pernas para o ar!

Os ministros do Supremo Tribunal Federal já estão em recesso até o próximo dia 31. A pausa também ocorre nos tribunais superiores. Neste período, as

Leia Mais