Aumento de restos a pagar no governo Rosalba chega a 46% em um ano

As informações disponíveis no Portal da Transparência (PTa), do Governo do Estado, revelam um saldo em investimentos acanhado e uma soma de “restos a pagar” (valores referentes a contratos firmados, porém, não pagos dentro no exercício financeiro) crescente.

Os dados estão previstos na rubrica “Gastos Diretos por Tipo de Despesa”, do PTa. Nela, é possível identificar que houve em 2013 investimentos que ficaram praticamente no mesmo patamar que o valor dispendido no ano anterior – uma variação de 0,5%. Já a conta de restos a pagar tem outra realidade: um aumento de 46,2% no mesmo período.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias