Arcebispo de Natal orientou o clero para não assumir posturas político-partidárias

dom jaime TN

Arcebispo metropolitano de Natal, dom Jaime Vieira Rocha orientou o clero para não assumir posturas político-partidárias para o pleito deste ano. Embora ponderando que como cidadão o padre deve atuar, dom Jaime alerta que nenhuma posição político-partidária pode ser levada ao altar. Chamando atenção para importância do processo democrático, o arcebispo analisou que não é benéfico para comunidade o sacerdote declarar apoio a um candidato. Mas destacou que é preciso estimular a população a participar do processo eleitoral.

“Declarar-se por um candidato isso não é possível, não é benéfico para a comunidade e para missão do padre como tal. Cada um que tem sua vida particular, sua cidadania, e estará livre para exercer esta cidadania e esta grande dignidade da pessoa humana que é pode votar e ser votado”, destacou dom Jaime em entrevista à Tribuna do Norte.

O arcebispo ressaltou a grande necessidade das reformas política e eleitoral e destacou que a igreja tem muito a contribuir com isso. “Há campanhas a serem lançadas sobre reforma eleitoral, reforma política, a igreja tem interesse nisso e contribuirá de modo cidadão para isto”, frisou. Para dom Jaime o grande drama a ser enfrentado pelos políticos no pleito deste ano é o próprio desgaste da classe. “O grande drama e desafio para os candidatos normalmente é a carga, há o peso de um desgaste normal, geral da política como um todo no nosso país”, analisou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

fevereiro 2024
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  
Categorias