Anvisa não muda prazo para liberação da coronavac

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recebeu, na manhã desta terça (10), dados referentes à morte do voluntário dos testes da vacina contra Covid-19 Coronavac que descartam a relação entre o incidente e o imunizante.

Ainda assim, o presidente da agência, almirante Antonio Barra Torres, afirmou em entrevista coletiva que não tinha informação sobre o suicídio presumido do voluntário —esta é a forma com que a polícia paulista trata o caso, que também pode se tratar de uma overdose.

Barra Torres pode estar apenas se escorando na questão do sigilo quando diz que esperará informações por canais oficiais, no caso o Comitê Independente Internacional que rege os testes de vacinas mundo afora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Lava Jato na Transpetro

A Lava Jato está nas ruas. A PF cumpre mandados de busca relacionados à roubalheira na Transpetro. Ainda existe Lava Jato?

Leia Mais

Tudo em casa

A mudança do deputado estadual Coronel Azevedo do PSL para o PSC não muda em nada na prática. A futura legenda do parlamentar é de

Leia Mais