A indireta de Marina a Bolsonaro

Marina Silva participou ontem de um comício no Macapá e disse que o porte de armas como forma de combater a violência é transferir para os cidadãos uma responsabilidade do Estado.

“Não existe essa história de uma população vulnerável que tem 63 mil pessoas assassinadas por ano, de ver que 33 mil jovens são assassinados por ano, dizer que a forma de resolver a violência é a população se armando em legítima defesa. Desse jeito é transferir para a sociedade, que já está vulnerabilizada, a responsabilidade de fazer aquilo que o Estado deveria fazer.”

4 respostas

  1. Eu concordo com Bolsonaro , nessa guerra civil que está aí, violência se combate com violência, vamos equilibrar o povo na luta, pois até agora só um lado tem pena de morte a das pessoas de bem que trabalha e contribui com o país , os bandidos são as leis, pode tudo, na hora que bem desejar, essa constituição foi feita para não funcionar , absurdo, imoral, Bolsonaro tem meu voto.

  2. Já tinha destroçado ele no debate. dessa vez destroçou o argumento ignóbil dele. A campanha só começou. Será que algum candidato vai descer ladeira abaixo nas intenções de voto?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

setembro 2022
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias