A esquerda lacradora ambientalista prejudicou o turismo de Caicó (RN) fechando balneários

Não é de hoje que entidades públicas, como o Idema, estão contaminadas por militantes de esquerda e ativistas ambientais. Esses grupos estão sempre prontos a cumprir suas pautas ideológicas, especialmente quando há interesses privados em jogo.

Lembram de Caicó (RN)? Quando o Caicó Iate Clube, Clube Pelicano, APUC e outros estabelecimentos que margeavam o açude Itans foram fechados? Isso não só abalou o turismo local significantemente, como também lançou a cidade numa espiral de decadência. Tudo graças a essa política ambientalista grotesca que não consegue ver um palmo à frente do nariz.

O turismo, uma das principais fontes de renda e desenvolvimento para cidades como Caicó, foi drasticamente afetado. As políticas restritivas e sem visão acabaram com a vida social e econômica ao redor do açude Itans. E quem ganhou com isso? Certamente não foi a população local, que viu oportunidades de emprego e lazer desaparecerem diante de seus olhos.

Os militantes ambientais e de esquerda, ao que parece, estão mais preocupados em seguir uma agenda ideológica do que em considerar os impactos reais de suas ações.

Chega de políticas que destroem em vez de construir. É hora de repensar essas abordagens e buscar um equilíbrio que realmente beneficie as cidades e seus habitantes.

Respostas de 2

  1. Não dá para vender banho de açude com turismo, na realidade caicó sempre foi muito fraco de turismo, tirando o poço de Santana! O que mais podemos ver!

  2. O rio Piranhas é a caixa d’água de milhares de pessoas. Mas essa dádiva é poluída descaradamente. Por que, hein, IDEMA?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Nomes pro Senado em 2022

Haroldo Azevedo e Alexandre Motta são dois nomes lembrados nas conversas políticas para concorrer ao Senado nas eleições de 2022 nos alpendres das casas de

Leia Mais