Etiqueta: Brasil

O Brasil registrou 408 óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas

O Brasil registrou 408 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o Ministério da Saúde. Com isso, subiu para 186.764 o número de vítimas fatais da doença no país.

De ontem para hoje, segundo a pasta, foram 25.445 diagnósticos positivos, o que elevou para 7.238.600 o total de casos confirmados.

Jogo baixo do PT no RN e no Brasil

O jogo sujo do PT no segundo turno das eleições deste ano não se restringe apenas a eleição presidencial contra Bolsonaro. No Rio Grande do Norte não existe nenhuma diferença. O PT joga sujo. O programa da candidata ao governo do Estado Fátima Bezerra destaca que o adversário Carlos Eduardo Alves pertence as oligarquias do RN. Como se seus apoiadores fossem diferentes.

É muita cara de pau.

Pelo gesto, primeiro eleitor do Brasil vota em Bolsonaro

Fernando de Noronha abre a eleição do Brasil neste domingo (7). A ilha tem fuso horário e está uma hora a frente de Brasília, por isso inicia a votação. O primeiro eleitor do país será o taxista Eduardo César Rodrigues de Lima, chegou à Escola Arquipélago (local de votação) às 20:20 deste sábado (6), para garantir a posição de primeiro eleitor.

“Esse é meu hobby, esta será a oitava vez que eu vou abrir a votação, mas acho que vou me aposentar da função, é um pouco cansativa. Eu fico feliz em contribuir com a democracia, dessa vez vai dar certo”, falou César Lima.

O motorista de táxi César Lima levou para o local de votação dois bonecos, um papagaio, Louro José, que ele chama de Lalinha, e uma macaquinha, que tem o nome Maguinha, e ainda o aparelho celular e uma pequena caixa de som. “Esse casal é vai passar a noite comigo, nós vamos ficar ouvindo um pagodinho”, disse o eleitor.

O eleitor apressado já virou tradição, é um personagem da ilha e recebe até mimos. Eduardo César Lima ganhou uma quentinha reforçada, enviada pelo pessoal da Pousada Zé Maria.

Pela primeira vez, 48 observadores da OEA vão acompanhar as eleições no Brasil

O efeito das notícias falsas no resultado das eleições brasileiras é a principal preocupação da Missão de Observação Eleitoral da OEA, a Organização dos Estados Americanos.

Foi o que declarou a ex-presidente da Costa Rica e chefe da missão Laura Chinchilla. Serão 48 observadores internacionais, distribuídos em 13 unidades da federação. A chefe da missão da OEA reitera a confiança nas urnas eletrônicas.

Democracia tem aprovação recorde no Brasil

O apreço pela democracia nunca foi tão forte entre os brasileiros, segundo pesquisa Datafolha. Para 69% dos eleitores, o regime democrático é a melhor forma de governo para o país.

O índice é o mais alto registrado desde 1989, no ano da primeira eleição para a Presidência da República após a ditadura militar (1964-1985), quando a questão foi aplicada pela primeira vez.

Houve crescimento em relação à última pesquisa Datafolha sobre o tema, em junho de 2018, quando 57% dos eleitores apontaram a democracia como a melhor forma de governo. Na última pesquisa, realizada nos dias 3 e 4, 12% dos eleitores apontam a ditadura como um regime melhor do que a democracia.

Outros 13% dos entrevistados disseram que “tanto faz” a forma de governo. Além disso, 5% não opinaram.

Antipetismo é o maior partido do Brasil

Petistas estão atônitos, sem entender o que está acontecendo nesta eleição. Como são ‘arrogantes’ e jamais fazem ‘Mea Culpa’ de seus erros, são incapazes de entender que o Antipetismo é o hoje o maior partido político do Brasil. A grande maioria da população não quer o PT, simples assim

“O antipetismo é o maior partido do Brasil”

O crescimento de Jair Bolsonaro foi analisado pelo marqueteiro Paulo Moura, em conversa com o Infomoney:

“A primeira é a questão do sentimento de antipetismo. O antipetismo hoje é o maior partido informal do Brasil. A rejeição ao PT sempre foi maior que a de Bolsonaro, embora a imprensa sempre desprezasse este fato. Em outras oportunidades, afirmei que, se fosse Bolsonaro contra o PT, as rejeições se equivaleriam ou até poderiam ser piores para o PT.”

Caixa e Banco do Brasil cortam 21,2 mil empregados

Bancos públicos diminuíram a folha de pagamento em 21,2 mil empregados nos últimos dois anos. O corte faz parte do esforço do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal em reduzir custos e tornar a estrutura mais parecida com a dos bancos privados. A saída dos empregados deve gerar economia de pelo menos R$ 2,5 bilhões por ano aos dois bancos.

RN volta a ser o maior produtor de camarão do Brasil depois de longos anos

A reportagem da Tribuna do Norte destaca que após longos anos no 2ª lugar na produção de Camarão no Brasil, o Rio Grande do Norte retomou a dianteira ultrapassando o Ceará.

São produzidos nos cativeiros 15,4 toneladas do crustáceo, o equivalente a 37,68% da produção nacional gerando uma receita de quase R$ 399 milhões.

O Ceará produziu 11,8 toneladas, o principal motivo para queda dos vizinhos foi a doença mancha branca.

Golpes com cartão de crédito fazem 28 mil vítimas por dia no Brasil

Fraudes com cartões de crédito em transações pelo celular têm aumentado no Brasil.

Segundo uma empresa especializada em segurança cibernética, já foram mais de 6,7 milhões de golpes envolvendo bancos e cartões de crédito, no país, este ano.

São 28 mil casos de fraudes registrados diariamente, de acordo com o laboratório de cibersegurança de uma empresa especializada na área.

Brasil vai doar US$ 1 milhão por ano para ter acesso a vacinas

O Ministro da Saúde, Gilberto Occhi, assinou nesta quarta-feira (26) acordo com a Aliança Global para Vacinas e Imunização (Gavi Alliance) para ter acesso a diversos tipos de vacinas produzidas no mundo em situação emergencial. A parceria com a organização não governamental foi firmada durante a 73ª Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York.

Número de assassinatos no Brasil chega a 30 mil em sete meses

O Brasil registrou 2.995 assassinatos apenas no mês de julho deste ano. O número pode saltar, já que faltam quatro estados enviarem o relatório sobre os homicídios cometidos nas devidas regiões.

Nos primeiros sete meses de 2018, o país já contabiliza 29.980 mortes, de acordo com uma ferramenta do índice nacional de homicídios do G1.

Segundo informações do portal, estão incluídos todos os homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, que compõem os conhecidos crimes violentos letais e intencionais. Ainda faltam mandar os dados para a reportagem Bahia, Ceará, Paraná e Piauí.

Com Bolsonaro isso poderá mudar!

Região Nordeste lidera o ranking dos “desalentados” no Brasil

Os desalentados no Brasil – aqueles homens e mulheres em idade ativa que gostariam de trabalhar, mas desistiram de procurar uma vaga porque perderam a esperança – são, preponderantemente, mulheres, nordestinas, pouco escolarizadas e jovens.

As informações estão na seção de Mercado de Trabalho da Carta de Conjuntura do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), segundo a qual metade dos que deixaram de procurar emprego por conta do desalento possui apenas o ensino fundamental incompleto.

Em relação ao perfil etário, enquanto os jovens entre 18 e 24 anos representam 15% da população em idade ativa, eles correspondem a 25% dos desalentados. Em termos geográficos, o problema é maior na região Nordeste (60% do total nacional).

Se ainda existisse jornalismo no Brasil…

A campanha de Bolsonaro é única, um fenômeno sem precedentes na história brasileira. Como uma campanha sem um único comitê central, sem marketeiro, sem material de divulgação, sem identidade visual definida e sem dinheiro consegue liderar com folgas a corrida presidencial?

O que aconteceu no último fim de semana ao redor do país, com carreatas e comícios organizados espontaneamente pelo povo e por alguns candidatos sem grande expressividade, é simplesmente impressionante. Pela primeira vez na história é o povo que está conduzindo o candidato ao poder. Não existe uma determinação partidária que indique as ações e manipule os militantes, mas apenas uma proposta, um pacto que une a todos (candidato e eleitores).

Desconheço um fenômeno tão claramente popular e tão descentralizado. Nunca um candidato representou tão bem os seus eleitores e nunca os eleitores foram tão decisivos para a vitória do candidato.

Se ainda existisse Jornalismo no Brasil, essa seria a pauta mais explorada durante as eleições.

Por Cibele Martins

O Brasil vai trepidar. Amarre o cinto

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse nesta sexta-feira que o atual momento político é difícil e por isso é preciso saber quem são os candidatos que têm planos de voo. “Sem plano de voo não se chega a lugar nenhum”, disse. “Amarre o cinto, vai trepidar”, falou ao participar de painel ao lado do ex-presidente americano Bill Clinton no congresso Expert 2018, promovido pela XP Investimentos.

Questionado sobre o principal desafio dos políticos de hoje, ele respondeu que é recuperar a confiança da sociedade. FHC afirmou que os casos de corrupção desvendados pela Lava Jato causaram uma quebra de confiança.

“Houve quebra de confiança nos homens que governam o país e ninguém ganha confiança sem transmitir a esperança de um futuro melhor”, afirmou o tucano.

VEJA

Brasil terá longa espera por rede 5G

Países como Estados Unidos, Coreia do Sul e China correm para ser pioneiros no lançamento da tecnologia 5G em 2019. A promessa é de avanços, como a possibilidade de médicos fazerem cirurgias à distância, por meio de robôs conectados à internet.

Outra inovação será a Internet das Coisas, que permitirá que eletrodomésticos “aprendam” as preferências de seus usuários com o uso de inteligência artificial. Na América Latina, porém, o 5G só deve chegar em 2020 e não deve se massificar até 2025, prevê a GSMA, associação global de operadoras móveis.

Confederação de Pastores do Brasil decide apoiar Bolsonaro

Jair Bolsonaro (PSL) lidera as pesquisas de intenção de voto e, segundo o Ibope, está consolidado como o preferido entre o segmento evangélico. Com a possibilidade de ir para o segundo turno com Fernando Haddad (PT), a polarização já está se formando.

Diferentes lideranças evangélicas têm se posicionado publicamente ao lado de diversos candidatos, mas Bolsonaro recebeu a apoio oficial da Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil, que congrega algumas das principais agremiações neopentecostais,

Literatura de Cordel é reconhecida como Patrimônio Cultural do Brasil

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) reconheceu hoje (19) a literatura de cordel como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro. A decisão foi tomada por unanimidade pelo Conselho Consultivo, que se reúne no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro.

“Poetas, declamadores, editores, ilustradores, desenhistas, artistas plásticos, xilogravadores, e folheteiros, como são conhecidos os vendedores de livros, já podem comemorar, pois agora a Literatura de Cordel é Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro”, anuncia o Iphan.

Polarização acentua a trinca que divide o Brasil

Juntos, o líder e o vice-líder da corrida presidencial somaram 47% das intenções de voto no Ibope mais recente —Bolsonaro com 28%, Haddad com 19%. Cristalizou-se a polarização: o anti-PT contra o petista. Somando-se as taxas atribuídas aos  outros presidenciáveis e o índice dos sem candidato, verifica-se que 52% dos eleitores estão, por enquanto, fora da polarização. Esse é o retrato de uma sociedade trincada.

O Brasil a ser administrado pelo presidente que tomará posse em 1º de janeiro de 2019 é um país de ponta-cabeça. O Executivo está quebrado. O Legislativo, pulverizado. O Judiciário, abarrotado de escândalos por julgar. Esse já não é um cenário de fundo do poço. O Brasil se encontra num poço sem fundo.

Literatura de cordel é reconhecida como patrimônio imaterial do Brasil

Foi aprovado nesta quarta-feira, 19, o registro da literatura de cordel como patrimônio cultural imaterial do Brasil. A decisão foi tomada pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, que se reuniu no Forte de Copacabana, no Rio. Pela tarde, deve ser decidido, também, o tombamento nacional do Acervo Arthur Bispo do Rosário.

A literatura de cordel começou nas regiões Norte e Nordeste, mas foi disseminada por todo o País por migrantes. Segundo o Ministério da Cultura (Minc), é uma expressão cultural que “revela o imaginário coletivo, a memória social e o ponto de vista dos poetas” sobre “acontecimentos vividos ou imaginados”.

Ciro diz que ‘Brasil não aguenta mais um presidente fraco, que tenha que consultar seu mentor’

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, disse em entrevista ao G1 e à CBN, nesta quarta-feira (19), que “o Brasil não suporta mais um presidente fraco, um presidente sem autoridade, um presidente que tenha que consultar o seu mentor”, em referência ao PT.

Ciro falou sobre o convite para ser vice na chapa que era encabeçada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O PT chegou a registrar a candidatura de Lula, mas ela foi barrada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com base na Lei da Ficha Limpa. O partido, então,trocou o nome de Lula pelo de Fernando Haddad, que havia sido registrado como vice, em 11 de setembro.

Casos de câncer devem crescer 80% até 2040 no Brasil

O mês de setembro está sendo marcado por diversas cores, em alerta as que referem-se as campanhas contra os tipos de câncer. O principal problema, é que a doença já indica números alarmantes em relação a sua incidência.

Prova disso, são os dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde que indicam que o Brasil terá 559 mil novos casos de câncer somente em 2018 e cita que a doença deve crescer quase 80% até 2040.

Brasil goleia El Salvador por 5 a 0 em amistoso nos EUA

Sem surpresas, o Brasil não teve dificuldades para golear a seleção de El Salvador por 5 a 0, em Washington, na noite desta terça-feira, conquistando a segunda vitória nos primeiros compromissos da equipe após a Copa do Mundo da Rússia. A equipe nacional contou com o brilho de Neymar e dois gols de Richarlison, que só foi chamados para os amistosos após o corte de Pedro por lesão

Brasil: Le Monde já vê “o suicídio de uma nação”

Após a primeira página do New York Times apontar “o declínio de uma nação”, agora o francês Le Monde publica o editorial “Brasil, o naufrágio de uma nação”..

Em destaque, afirma que, “após a agressão ao candidato de extrema direita Jair Bolsonaro, a campanha corre risco de radicalizar ainda mais num país que parece ter perdido o controle de seu destino”.

No texto, detalha que, “desde a destituição (impeachment) controversa da presidente de esquerda, o país parece ter perdido o controle de seu destino”.

“O Brasil era um Saci Pererê, só pulava com a perninha esquerda”

O economista de Jair Bolsonaro, disse que vê com otimismo as mudanças que aconteceram nos últimos anos no país:

“Está surgindo uma aliança política de centro-direita, antes só existia a centro-esquerda. O Brasil era um Saci Pererê, só pulava com a perninha esquerda. Aí de repente aparece alguém que não é de esquerda e as pessoas se assustam. Qual é o medo? De onde vem esse receio? Porque nós tivemos que conviver com a social-democracia por 30 anos e eles não podem viver 4 anos com a liberal-democracia, que é um pouco diferente. Eu chamo de bolha esse aprisionamento cognitivo”.

Posts Recentes

Posts Recentes

setembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias

Os Fábios

A oposição ao governo de Fátima Bezerra no Rio Grande do Norte está restrita ao ex-governador Fábio Dantas e ao deputado federal Fábio Faria.

Leia Mais

PF de novo em solo potiguar

A Polícia Federal deflagrou hoje (3) mais uma operação para desarticular núcleo criminoso que atua em presídios e fora deles, no território nacional. O foco

Leia Mais

Zenaide Maia: tô fora!

 Turbulência em sua cúpula nacional do PROS. A Executiva Nacional decidiu afastar o deputado federal Eurípedes Júnior da presidência do partido. A senadora norteriograndense Zenaide Maia está

Leia Mais

Morre a cantora Beth Carvalho

A cantora e compositora Beth Carvalho, conhecida como a Madrinha do Samba e um dos maiores nomes da história do gênero, morreu no Rio, nesta terça-feira

Leia Mais