Penso, logo existo...

TSE: dinheiro de campanha deve ser dividido proporcionalmente entre candidatos negros e brancos

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta terça-feira (25), por 6 votos a 1, que a divisão de recursos de financiamento de campanhas e o tempo de propaganda no rádio e TV devem ser divididos proporcionalmente entre candidatos negros e brancos nas eleições. Os ministros tomaram a decisão ao analisar uma consulta apresentada pela deputada Benedita da Silva (PT-RJ) e por representantes do movimento negro. Também por decisão da maioria, a regra valerá somente a partir das eleições de 2022.

Comentar

  • Valmir Almeida

    Uma das maiores injustiças eleitorais do Rio. Em 2014 apesar de meu o partido gastar algumas centenas de milhões no meu estado, me negaram essa ajuda, concorri de teimosia sem um centavo. As tratativas não foram cumpridas, um pesadelo. Depois vieram algumas desculpas. Em 2018 pensei que nunca mais passaria por essa injustiça , mas tudo se repetiu, solenemente ignoraram uma candidatura de cunho popular, novamente os milhoes nada foi para o movimento negro dentro do partido. Ai começou a saga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *