26/ago/2019

Bolsonaro isola o tal Macron. Fica na tua, pateta!


Por Robson Pires, em

Na abertura do encontro do G7, presidente francês diz querer “ações concretas” sobre as queimadas na Amazônia, mas admite que pode não conseguir consenso. A chefe de governo alemã Angela Merkel aparece em vídeo, divulgado pela Bloomberg, afirmando que ligará para o o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, na próxima semana, “para que ele não tenha a impressão de que estamos trabalhando contra ele”. O primeiro-ministro inglês Johnson diz em seguida que acha isso “importante” e até o francês Emmanuel Macron, que tem feito discursos públicos agressivos contra o Brasil, expressa seu apoio à ligação. “Eu vou ligar”, confirmou Merkel.

Além de Merkel e Macron, também estavam à mesa o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, e o premiê italiano, Giuseppe Conte.

Macron – que ficou isolado no discurso agressivo contra o Brasil – afirmou depois, em entrevista, que acordaram sobre o envio de ajuda aos países afetados pelos incêndios na Região Amazônica “o mais rápido possível”. O G7 nem sequer levou em conta sua proposta de boicote a produtos brasileiros.

Embora 60% da Região Amazônica se situe no Brasil, a maior floresta do mundo também se estende por oito outros países: Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname, Venezuela, e até mesmo o departamento ultramarino da França, Guiana Francesa.

Macron, que enfrenta problemas de aprovação dos franceses está em plena campanha eleitoral municipal, também ameaçou não ratificar o acordo de livre-comércio assinado entre a União Europeia e o Mercosul (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai).


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
Quarta, 05 de Agosto de 2020


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

agosto 2020
D S T Q Q S S
« jul    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031