Zenaide questiona obediência cega do ministro da Saúde ao presidente

A senadora Zenaide Maia (Pros-RN) foi dura nos questionamentos ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que participou de debate no plenário do Senado nesta quinta-feira (11). Ao citar declaração dele, de que “um manda e o outro obedece”, no episódio em que o ministro foi desautorizado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, um dia depois de ter anunciado a compra de 46 milhões de doses da CoronaVac, em outubro passado, Zenaide disparou:

“O senhor, ministro da Saúde, obedeceu a um presidente que não reconhecia a gravidade da doença, negava a ciência, incentivava aglomerações, ironizava o uso de máscaras e fazia propaganda de medicamento sem eficácia terapêutica. O senhor continua com a mesma opinião? Porque o presidente continua com a mesma opinião e pode desmanchar tudo o que o senhor prometeu aqui hoje”, questionou a senadora. O ministro tergiversou, limitando-se a dizer que a declaração havia sido dada em ambiente informal e que tudo não passou de uma confusão entre “compra” e “importação” não autorizada de doses.

Zenaide também questionou Pazuello sobre atrasos e falta de vacinas para toda a população, ao lembrar outra declaração infeliz do ministro: “Quando teremos vacina? O país fez essa pergunta em 16 de dezembro e o senhor respondeu: ‘Por que essa ansiedade?’ Não tenho dúvida que alguém vai responder pelo atraso, pela falta de comando e interesse em salvar vidas”, disse a parlamentar.

Para Zenaide, Pazuello não convenceu os parlamentares no debate. “O ministro não respondeu às perguntas”, disse a senadora, após o fim da reunião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias

Eu quero mesmo ver!

Eu quero mesmo é ver como será o comportamento do eleitor caicoense com a presença dos políticos nesta quinta feira (26) na Feirinha de Santana

Leia Mais

“A todo vapor”

O presidente Jair Bolsonaro, no Palácio da Alvorada, disse que a bolsa de R$ 600 reais para trabalhadores informais deve ser paga a partir da

Leia Mais

Faustão vai deixar a Globo

Depois de 32 anos no ar, sempre liderando a audiência, o “Domingão do Faustão” sai do ar em dezembro. Fausto Silva definiu sua saída da Globo

Leia Mais

Brasília se “veste” de Rosa

Em Brasília, o Congresso Nacional recebeu recebe iluminação especial a partir desta terça-feira. A iluminação rosa da Câmara e do Senado marcou o início das

Leia Mais