Wilson Witzel vira réu por corrupção e lavagem de dinheiro

20210211171423smNrUa Wilson Witzel vira réu por corrupção e lavagem de dinheiro

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) recebeu, por unanimidade, a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), por corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro.

Witzel foi afastado do cargo por 180 dias no último mês de agosto e agora teve o afastamento prorrogado por mais um ano. Ele também ficou proibido de retornar ao Palácio das Laranjeiras, residência oficial dos governadores do Rio de Janeiro, e de fazer uso dos espaços públicos, como o Palácio da Guanabara, usado para despachos. 

Com a decisão, Witzel virou réu no STJ por suposto esquema liderado pelo governador para estruturar uma organização criminosa que movimentou R$ 554.236,50 em propinas pagas por empresários da área da saúde ao escritório de advocacia de sua esposa, Helena Witzel.

“Essa talvez tenha sido coisa mais chocante que eu tenha visto nessa pandemia. Ao invés de proporcionar um momento em que as pessoas tentam minimizar essa dor, elas usaram a verba do governo federal em benefício próprio, em um momento equiparativo à guerra, as pessoas usaram o dinheiro em benefício próprio”, afirmou a subprocuradora-geral da República Lindôra Maria Araújo ao ler a denúncia.

A PGR narrou que o governador liderou, de março a maio de 2020, três grupos empresariais que disputavam o poder no governo do RJ mediante o pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Sobre painéis solares no RN

O Governo do Estado esclarece que, conforme amplamente divulgado pelo próprio Governo do Ceará e pela imprensa daquele estado, a fábrica de painéis solares que

Leia Mais

Recorde de bilionários

A lista da Forbes ultrapassou pela primeira vez a marca de dois mil bilionários (em dólares). O mundo agora tem 2.043 bilionários (da lista do

Leia Mais