Vamos preservar a vaquejada

corte_realNos últimos dias, nos deparamos com essa resolução do Supremo Tribunal Federal (STF), que julgou inconstitucional o Projeto de Lei que regulamentava a prática do esporte da vaquejada no Estado do Ceará.Tal decisão, define a tradicional vaquejada como sendo uma prática ilegal em nosso País. Isso é muito ruim, não apenas para Pernambuco mas para todo o Nordeste.

Essa medida interfere diretamente na cultura nordestina, pois a prática da vaquejada nos reporta às nossas origens, lembrando ainda que afetará, principalmente, os cidadãos que de forma direta ou indireta dependam desse esporte. É importante registrar que o tradicional esporte mobiliza as pessoas, gera emprego e renda e já faz parte da economia do nosso Estado.

Em Pernambuco, antes da referida decisão do STF, o Ministério Público, juntamente com a Associação Brasileira de Vaquejadas, firmaram parceria com a finalidade de proteger e defender os animais que são utilizados nos eventos.

Por Jorge Corte Real – deputado federal

Uma resposta

  1. Suge os mesmos pe os mesmosstão:Que continuem com as vaquejadas .Pequena modificaçao.Que os bois sejam substituidos por todos os deputados do Brasil.Derrubem 0s pelos fundos das calças,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Categorias