Valor das ações da Petrobras têm queda

graça fosterO primeiro prejuízo registrado em treze anos pela Petrobras, no segundo trimestre de 2012, foi bem aceito pelo mercado, que viu os números como um reflexo mais próximo da realidade da estatal. Mas, um ano depois, o olhar dos investidores passou a ser novamente de desconfiança. No segundo trimestre de 2013, o resultado foi salvo por uma estratégia de “hedge cambial” (proteção contra a variação cambial) e venda de ativos na África.

No terceiro trimestre, sem conseguir fechar a venda de mais ativos para reduzir o mau desempenho (queda de 39% do lucro), uma nova fórmula automática para equiparar o preços dos combustíveis com o mercado internacional foi prometida, o que evitou a queda das ações. Adiada por várias vezes e depois anunciada como não sendo mais automática, a fórmula não teve seus parâmetros divulgados e caiu em descrédito. Em apenas uma dia, o valor de mercado da estatal caiu R$ 24 bilhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias