União Europeia suspende obrigatoriedade de uso de máscara em voos e aeroportos

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (Easa) e o Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC) informaram nesta quarta-feira (11) que, a partir da próxima segunda, deixam de recomendar máscaras obrigatórias em voos e aeroportos da União Europeia (UE).

Num comunicado conjunto a Easa e o ECDC afirmam que vão “retirar a recomendação de uso obrigatório de máscaras médicas nos aeroportos e a bordo de voos”. As entidades lembram, entretanto, que a máscara “continua a ser uma das melhores proteções contra a transmissão” do Sars-Cov-2, principalmente para pessoas mais vulneráveis.

“A atualização do Protocolo Conjunto sobre Segurança Sanitária na Aviação tem em conta os últimos desenvolvimentos da pandemia, em particular os níveis de vacinação e a imunidade adquirida naturalmente e a suspensão das restrições num número crescente de países europeus”, justificam as agências da UE.

A partir da próxima semana, espera-se que as regras sobre uso de máscara variem, com o ECDC recomendando que as companhias aéreas incentivem os passageiros a usar os acessórios em voos de ou para destinos onde o uso de máscara no transporte público ainda é obrigatório.

Também os passageiros vulneráveis devem continuar a usar máscara, independentemente das regras, defendem Easa e ECDC, especificando que, nesses casos, deve ser usada uma máscara do tipo FFP2/N95/KN95, “que oferece um nível de proteção mais elevado do que uma máscara cirúrgica padrão”.

G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

fevereiro 2023
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728 
Categorias