UNE vai apoiar os quadrilheiros corruptos do Mensalão

A UNE (União Nacional dos Estudantes) e políticos envolvidos no mensalão preparam atos para avaliar as decisões do STF (Supremo Tribunal Federal) e manifestar apoio aos condenados no julgamento. O presidente da UNE, Daniel Iliescu, que esteve anteontem com o ex-ministro José Dirceu em Brasília, afirma que a ideia é reunir artistas, advogados e jornalistas para fazer uma “reflexão crítica” sobre as sentenças. Iliescu fez ontem comparação entre as penas aplicadas aos condenados e a sentença de cinco anos de reclusão, em regime semiaberto, dada ao empresário Carlinhos Cachoeira. Há, de acordo com ele, uma desproporção entre os casos.

Antes reticente em confrontar o STF, a UNE agora fala em “sanha condenatória” e que o julgamento foi “negligente” em relação aos “princípios democráticos”. “É evidente que, politicamente, os atos vão ganhar uma conotação de apoio e solidariedade”, diz Iliescu, que é ligado ao PC do B. Dirceu e o ex-presidente do PT José Genoino confirmaram presença em um encontro que o deputado João Paulo Cunha (PT-SP), também condenado, fará amanhã para debater o mensalão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Categorias