Um ‘negócio da China’ para o Nordeste

rafael china

O deputado federal Rafael Motta (PSB) visitou uma “solar farm”, uma especie de fazenda de energia solar, na cidade chinesa de Jiangshan. O local alia produção energética ao cultivo de plantas medicinais chinesas. “A China é hoje o maior produtor de energia solar do mundo e podemos adaptar experiências positivas como essas para o Brasil, em especial o Nordeste, que tem grande potencial devido às condições climáticas da região e a irradiação solar”, afirmou o deputado federal.

A solar farm visitada por Rafael Motta tem mais de 700 mil células fotovoltaicas, instaladas pela Chint, mesma empresa que assinou um protocolo de intenções com o Governo do Estado para a instalação de uma fábrica de produção de placas para captação de energia solar no Rio Grande do Norte.

“A solar farm tem mais de 400 hectares e 200 megawatts instalados. Além disso, no espaço há também cultivo de plantas medicinais, feito pela comunidade local, gerando renda não só para os técnicos, como também para os pequenos agricultores”, afirmou o parlamentar.

Integrante da Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados e secretário da Frente Parlamentar de Engenharia, Infraestrutura e Desenvolvimento Econômica, Rafael Motta visitou a China em missão oficial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

fevereiro 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  
Categorias

Foto: Uma imagem única. Perfeita

Uma foto feita hoje à tarde no Sítio Bom Jesus, município de Caicó, pela ex-primeira dama do município Denise Fernandes, esposa do ex-prefeito Roberto Germano,

Leia Mais