TRE decidirá até o final do mês se cassa mandato do prefeito de Jucurutu

junior-queiroz-custom.jpgO Tribunal Regional Eleitoral continua votando as representações que pedem a cassação de vários prefeitos do Rio Grande do Norte, sob a alegação de compra de votos e abuso do poder econômico.

De acordo com o presidente do TRE-RN, Desembargador Claudio Santos, até o final do mês terá sido apreciados todos os processos referentes às eleições municipais de 2004.

Existem processos pendentes de julgamento no Tribunal Regional Eleitoral relativo a 10 municípios do Estado.

Entre eles, o município de Jucurutu, que é administrado pelo prefeito Júnior Queiroz. (na foto)

Se será cassado ou não vai depender da decisão do TRE.

Respostas de 3

  1. Não resta dúvidas que houve, no município de Jucurutu, o comentimento de práticas de abuso de poder financeiro, bem como a escancarada compra de votos por parte do Dep. Nelter, do Prefeito Júnior e de Marcio Soares.

  2. Aqui em Rondônia, o Senador Espedito Júnior foi cassado pelo TRE desde o final de abril por compra de 1000 votos a funcionários de uma empresa de segurança de seu irmão, dinheiro depositado em cada conta corrente dos funcionários e devidamente investigado e comprovado pela polícia federal, através das denúncias dos próprios funcionários e dos seus contra-cheques. Mas, isso não foi o bastante para que um ministro do TSE alegar que mil votos é muito pouco para decidir uma eleição e mantém o Espedito Júnior em seu devido lugar no senado federal. Esta é a realidade do nosso querido T S E. Lá tudo pode. Se houver algo de anormal em algum mandatário municipal do RN junto ao TRE, é só recorrer ao TSE por que lá tudo é possível…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias