Tiririca não pode aparecer em propaganda comercial no período eleitoral

tiririca cooler

A exposição “excessiva, massificada e privilegiada” de candidatos em propaganda comercial no rádio e na TV fere a isonomia entre os concorrentes e a lisura do processo eleitoral. Esse foi o entendimento do juiz Carlos Eduardo Cauduro Padin, auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral, ao manter liminar que proíbe a veiculação do deputado federal Tiririca (PR-SP) em propaganda do site de vendas Bom Negócio.

A decisão provisória já havia sido proferida, com base em pedido do próprio partido do deputado. A peça publicitária ainda não havia sido veiculada em nenhuma emissora quando a sigla apresentou representação à Justiça eleitoral para impedir que a agência de publicidade com quem Tiririca (foto) fechou o contrato — antes do período eleitoral — colocasse o material no ar.

Como o deputado disputa a reeleição, Padin avaliou em decisão monocrática que a propaganda fere a igualdade e a isonomia entre os candidatos, pois divulga a imagem do deputado por meio não disponível a todos os postulantes ao cargo. Ele seria privilegiado com a “fixação do nome e da imagem na memória popular”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias

Lula envergonha o Brasil

Lula deu uma entrevista para a imprensa estrangeira. Ele atacou a democracia brasileira, dizendo que uma disputa presidencial sem ele é uma fraude. Depois disso,

Leia Mais

Valdemiro está se desfazendo de igrejas

Em dificuldades financeiras, o apóstolo Valdemiro Santiago tem procurado outras lideranças evangélicas para se desfazer de igrejas.Em Minas Gerais, por exemplo, Valdemiro aceita receber 80.

Leia Mais

Rede social para pessoas feias

Na moda dos aplicativos para relacionamentos, os ingleses lançaram o “The Ugly Bug Ball”, uma rede social para encontros entre pessoas que não se acham…

Leia Mais