Temer responde a Renan e diz que decisões do PMDB são democráticas e legítimas

temer_renan

O vice-presidente da República e presidente nacional do PMDB, Michel Temer, defendeu-se das críticas do presidente do Senado, Renan Calheiros, que também é do PMDB, e disse que a comissão executiva do partido tem “plena competência” para tomar decisões em nome da legenda. Renan responsabilizou Temer pela mudança nas regras para filiação de novos deputados federais ao PMDB, aprovada na manhã de hoje (16) pela Comissão Executiva do partido, e por causar divisões internas.

Por meio de comunicado oficial assinado pela assessoria de imprensa do PMDB, Temer disse que a executiva pode tomar decisões que “preservem o partido de manobras e artimanhas que quebrem artificialmente a vontade expressa legitimamente pelas suas instâncias internas”. A mudança na forma de filiação teria sido uma forma de barrar uma articulação do ex-líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani, com o Palácio do Planalto, objetivando retomar a liderança, o que Picciani nega.

“É correta a afirmação de que o PMDB não tem dono. Nem coronéis. Por isso, suas decisões são baseadas no voto. O resultado apurado na reunião de hoje da executiva foi de 15 votos a favor da resolução e dois contrários, resultado revelador de ampla maioria. Decisão, portanto, democrática e legítima”, escreveu a assessoria de Temer.

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

dezembro 2022
DSTQQSS
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Categorias

Espetácular II

“ A coisa mais injusta sobre a vida é a maneira como ela termina. Eu acho que o verdadeiro ciclo da vida está todo de

Leia Mais