“Tem que acabar o Dia da Consciência Negra”, diz presidente da Fundação Palmares

Indicado para a presidência da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Nascimento de Camargo esteve reunido nesta terça-feira com Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto.

Após a reunião, ele falou com os jornalistas e defendeu o fim do Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro.

“É claro que tem que acabar o Dia da Consciência Negra, que é uma data da qual a esquerda se apropriou para propagar vitimismo e ressentimento racial. Isso não é uma data do negro brasileiro”, afirmou Camargo. “Isso é uma data de minorias empoderadas pela esquerda, que propagam o ódio, o ressentimento e a divisão racial.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

Categorias