TCE determina que Câmara de Guamaré suspenda pagamento de reforma em prédio

A Primeira Câmara de Contas do TCE/RN aprovou nesta quinta-feira (14) voto do conselheiro Gilberto Jales pela concessão de medida cautelar para determinar à Câmara Municipal de Guamaré que se abstenha de efetuar qualquer pagamento que tenha por base os contratos de reforma e manutenção de seu prédio próprio, em especial aqueles referentes à parte elétrica, hidráulica, de dedetização e de eventuais reformas. Processo nº 2249/2013-TC.

A decisão do relator foi tomada ao analisar denúncia e, após inspeção “in loco”, quando ficaram constatados fortes indícios de superfaturamento em obras e serviços na sede do legislativo daquela cidade. O Corpo Instrutivo do TCE observou que os R$ 2.222.303,21 que foram gastos com reforma, seriam suficientes para que se erguessem quatro prédios novos naquele local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias

João Maia na campanha de Caicó

O ex-deputado federal e atual vice-presidente de operações do Banco do Brasil em Brasília (DF) João Maia ainda não deu as caras na campanha municipal deste

Leia Mais