Etiqueta: Pró-Sertão

“Brasil que dá certo”: Folha de São Paulo destaca Pró-Sertão

pro sertao folha

Em um caderno especial voltado para destacar ideias de sucesso implementadas nas diversas regiões do país, a Folha de São Paulo incluiu o Pró-Sertão (Programa de Industrialização do Interior). O projeto que visa fomentar a abertura de facções nas diversas regiões do Rio Grande do Norte foi destaque na edição da última terça-feira (24), na seção “O Brasil que dá certo”.

O Pró-Sertão foi um dos projetos criados pelo pré-candidato a deputado federal Rogério Marinho (PSDB) durante sua gestão na Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, em 2013. A ideia surgiu a partir de uma conversa com o empresário Flávio Rocha, diretor da Guararapes, gigante do ramo de confecções. “O Pró-Sertão garantirá geração de emprego e renda aliada à qualificação profissional em cidades com potencial para esse tipo de produção. A economia do interior do RN está sendo transformada positivamente”, disse Rogério.

A reportagem conta a história de Josemere Azevedo e Letícia dos Santos, que moram no município de Parelhas e tiveram, a partir do projeto, a chance do primeiro emprego. As duas trabalham na fábrica de propriedade de Eva Panício, uma das várias empreendedoras que aproveitaram a oportunidade do Pró-Sertão para ter o próprio negócio. De acordo com a matéria, já são 32 confecções em funcionamento no Estado e mais seis preparadas para integrar o programa a partir de julho. A maioria delas está instalada no Seridó. Até agora, foram gerados 1.180 empregos diretos, entre eles os de Josimere e Letícia.

Pró-Sertão incentiva funcionamento de facções em Santana do Seridó, Parelhas e Equador

pro sertao serido

O potencial de desenvolvimento do programa Pró-Sertão continua atraindo o interesse das prefeituras e dos empreendedores do interior do Rio Grande do Norte. Durante reunião realizada na manhã desta quinta-feira (23) entre o secretário de estadual de Desenvolvimento Econômico, Silvio Torquato, o prefeito de Santana do Seridó, Adriano Gomes, o programa do Governo do Estado foi apontado por empresários – também presentes ao encontro – como um importante diferencial para ocupação da mão-de-obra e incentivo ao empreendedorismo local.

Com a expectativa de empregar e qualificar a população para trabalhar nas facções do Pró-Sertão, o prefeito Adriano Gomes e empresários do setor apresentaram ao secretário Silvio Torquato como está sendo feito o planejamento das empresas e da prefeitura municipal. Atualmente a cidade já conta com facção em funcionamento produzindo para empresas do Pró-Sertão, mais de 50 pessoas qualificadas e cerca de quatro novas facções aptas a serem integradas ao Programa.

Para Silvio Torquato o exemplo dos empresários de Santana do Seridó, Equador e Parelhas, que estão se associando com a criação da União Potiguar de Confeccionistas (UPCONFEC), é uma demonstração clara dos benefícios que o Pró-Sertão traz para a economia do interior. “Ao criar o Pró-Sertão, o Governo do Estado incentivou uma vocação econômica do setor têxtil e garantiu que todos os municípios e empreendedores do RN pudessem ter a oportunidade de trabalhar em parceria com grandes grupos empresariais. Hoje temos um ambiente de negócios completo e com perspectivas positivas de crescimento”.

Rogério visita primeiras facções em funcionamento pelo Pró-Sertão

rogerio facções

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho, foi visitar in loco o funcionamento das primeiras facções integrantes do Programa de Industrialização do Interior, o Pró-Sertão. Algumas fábricas instaladas na região do Seridó já estão produzindo para as empresas parceiras, como a Guararapes.

Durante esta semana, Rogério passou pelos municípios de Caicó e São José do Seridó, onde participou de um encontro técnico do programa e visitou, pessoalmente, as pequenas empresas. O evento mostrou aos empreendedores como ter acesso a procedimentos para integrar o Pró-Sertão.

“O objetivo do Pró-Sertão é transformar a economia têxtil do interior do estado e isso já é uma realidade aqui no Seridó com facções produzindo para empresas âncoras do programa e com o treinamento de jovens e adultos para serem empregados nas facções”, disse Rogério Marinho.

Segundo Rogério Marinho, Pró-Sertão vai gerar 20 mil empregos

Foto: Carlos Felipe
Foto: Carlos Felipe

Depois de participar de encontro técnico em Caicó, ontem (06), o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho, visitou facções na cidade de São José do Seridó. Ele foi acompanhado por empresários do setor de confecções também a Jardim do Seridó.

“São José é um município que é uma referência para todo o Estado e inclusive para a região do Seridó onde está inserido, São José teve uma sorte extraordinária de ter tido o prefeito que teve o primeiro perfil de empreendedor e depois a preocupação de colocar o seu perfil a disposição da população para estimular essa atividade”, disse o secretário ao blogueiro Carlos Felipe.

“Nós pretendemos nos próximos 20 anos fomentarmos mais de 20 mil empregos diretos. Não apenas no Seridó mais em todo o Estado. Nós estamos aqui em função da entrada da Guararapes atraída no Pró-Sertão com o treinamento de uma turma de mais 23 profissionais que vão se integrar aos quadros desta confecção. Só existia um fornecedor que era a Hering, estamos trazendo outro, e vamos trazer outro  e dessa forma  garantir o mercado, garantir  a produção, e garantindo a produção vai empregar pessoas”, continuou Rogério.

Caicó recebe encontro técnico do Pró-Sertão nesta quarta-feira

rogerio palestra

A cidade de Caicó receberá nesta quarta-feira (06) o encontro técnico do Programa de Industrialização do Interior, o Pró-Sertão. Na oportunidade, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho (PSDB), realizará uma palestra para apresentar o projeto. O evento está previsto para começar às 9 horas, na Casa do Empresário.

O Pró-Sertão tem como objetivo instalar cerca de 360 fábricas no interior potiguar nos próximos anos. As indústrias se dedicarão a produzir peças de roupa, que serão compradas por grandes empresas parceiras da iniciativa, como a Guararapes.

“O Pró-Sertão será um marco para a economia dos municípios. O projeto garantirá geração de emprego e renda aliada à qualificação profissional em cidades com potencial para esse tipo de produção. A economia do interior do RN será transformada positivamente”, disse Rogério.

Após a palestra do secretário, o encontro seguirá com uma apresentação do Sebrae sobre o Plano de Negócios, e do Senai, sobre qualificação profissional. Representantes da Guararapes também estarão presentes para abordar as regras e normas para facção de costura.

O IFRN ainda colocará em discussão o centro de tecnologia têxtil em Caicó, enquanto o Banco do Nordeste abordará as linhas de crédito e manterá um plantão para atendimento aos empresários. Às 14 horas, Rogério Marinho realizará uma visita às facções de São José do Seridó e Jardim do Seridó.

Sedec realiza Encontro Técnico sobre o Pró-Sertão em Caicó

A região Seridó recebe nessa quarta-feira (06), em Caicó, na Casa do Empresário, das 09h às 12h, o I Encontro Técnico sobre o Pró-Sertão. Com realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), em parceria com a Federação das Indústrias do RN (Fiern) e SEBRAE/RN, o evento tem como objetivo promover esclarecimentos sobre todo o funcionamento do programa entre empresários dos municípios da região.

Com palestra do secretário do Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho, sobre todo o funcionamento do Pró-Sertão e suas oportunidades de negócios, a programação do evento tem espaço também para palestras sobre plano de negócios, linhas de financiamento para facções, qualificação profissional e regras e normas para facções de costura e Centro Tecnológico Têxtil do Seridó com profissionais do SEBRAE, Banco do Nordeste, SENAI, Guararapes e IFRN.

Após as palestras, o secretário Rogério Marinho e representantes das instituições parceiras farão visita técnica a facções integradas ao Pró-Sertão nas cidades de Caicó, São José do Seridó e Jardim do Seridó. A reunião é destinada aos empresários que já atuam com o setor de facções e novos investidores que pretendem aproveitar a oportunidade de negócios gerada pelo programa.

PROGRAMAÇÃO
09h – Abertura
09h15 – Palestra Funcionamento do Pró-Sertão, com o secretário do Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho
09h30 -Palestra Plano de Negócios, SEBRAE/RN
09h45 – Palestra Qualificação Profissional, SENAI
10h – Palestra Regras e normas para facções de costura, Guararapes
10h15 – Palestra CT Têxtil do Seridó, IFRN
10h30 – Palestra Linhas de Crédito para facções, BNB
10h45 – Plantão de atendimento aos empresários, SEBRAE/FIERN/SENAI/BNB, Guararapes

Pró-Sertão tem 95 Prefeituras e mais de 150 empresas cadastradas

rogerio  pro

Já são 95 Prefeituras cadastradas para participar do Pró-Sertão e mais de 150 pequenas empresas dispostas a transformar o interior do Rio Grande do Norte em um verdadeiro pólo industrial. Isso tudo apenas dois meses após o lançamento do projeto, criado a partir da iniciativa do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Rogério Marinho (PSDB), responsável pela articulação que viabilizou a parceria do Governo do Estado, Fiern, Sebrae e Guararapes.

Segundo Rogério, a grande procura dos gestores e empresários pelo projeto comprova o sucesso do Pró-Sertão. Hoje, algumas pequenas indústrias do Seridó potiguar já mantém relações comerciais com a Guararapes. Outras devem começar o negócio em breve. Enquanto isso, mais prefeitos e empreendedores procuram a Sedec para participar do programa.

“O Pró-Sertão será um marco para a economia dos municípios com perfil para a atividade de confecção de vestuário. O projeto garantirá geração de emprego e renda aliada à qualificação profissional em cidades com potencial para esse tipo de produção. A economia do interior do RN será transformada positivamente”, disse Rogério.

O Pró-Sertão tem como objetivo gerar 20 mil empregos diretos no interior do Estado, estimular a instalação de 360 pequenas unidades para confecções e chegar a marca de 150 mil peças produzidas por dia no interior potiguar. Esses resultados devem ser alcançados até o final de 2018.

Governadora apresenta o Pró-Sertão ao ministro Ricardo Lewandowski

rosalba STF
No périplo que fizeram em defesa da manutenção das isenções fiscais e tributárias ao longo desta terça-feira, 17, em Brasília, os governadores também visitaram o gabinete do ministro Ricardo Lewandowski. Na ocasião, a Governadora Rosalba Ciarlini detalhou para o ministro o Programa Pró-Sertão, iniciativa lançada em agosto para criar empregos no interior do RN, motivado principalmente pela isenção fiscal oferecida pelo Estado.

Idealizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico em parceria com o Sistema FIERN e SEBRAE/RN, o Pró-Sertão iniciou os atendimentos aos empresários e prefeitos no dia 12 de agosto. Rosalba explicou ao ministro que para interiorizar a indústria têxtil do Rio Grande do Norte o programa está abrindo 360 unidades de facção e a expectativa é gerar 20.000 postos de trabalho até dezembro de 2018.

Governo articula nova empresa para aderir ao Pró-Sertão

empresarios pro sertao
Nelson Felipe Kheirallah (Camisaria Colombo), Afrânio Marinelli (Grupo Guararapes) e Silvio Torquato (adjunto da SEDEC

O programa Pró-Sertão continua atraindo o interesse de novos parceiros. Em reunião essa semana, em Curitiba, o secretário adjunto do Desenvolvimento Econômico, Silvio Torquato, apresentou o potencial do programa ao diretor da Camisaria Colombo, Nelson Felipe Kheirallah, para analisar a parceria da empresa com facções do Rio Grande do Norte.

De acordo com Silvio Torquato a ideia é trazer a empresa do setor de vestuário masculino para firmar parceria na confecção de toda a linha de produção da empresa em sistemas de facção. A empresa que já atua no Rio Grande do Norte nas vendas de varejo teria parcerias no sistema do Pró-Sertão e se integraria às empresas âncoras do programa (Guararapes, RM Nor e Hering).

Estudos dos benefícios oferecidos pelo Governo do Estado e detalhamento da atuação do Pró-Sertão em parceria com a FIERN e SEBRAE/RN já foram encaminhados para o diretor de desenvolvimento da empresa paulista e uma visita ao RN será agendada para dar continuidade às negociações.

Para ser concretizado Pró Sertão precisa da união do poder público e do privado

vivaldo pro sertao
Para que o Pró Sertão seja concretizado é necessária a união do poder público e a iniciativa privada. Essa foi uma das conclusões que ficaram evidenciadas na noite desta quarta feira (11), ao final da audiência pública promovida pela Assembleia Itinerante em Caicó, por proposição do deputado Vivaldo Costa para discutir o projeto do governo do Estado em parceria com a Guararapes.

O projeto tem por objetivo criar facções na região Seridó que vão produzir para a Guararapes. Hoje o grupo tem 187 lojas da Riachuelo em todo o País devendo esse número ser aumentado para 200 até o final deste ano e para 360 lojas em quatro anos, de acordo com exposição de diretores do grupo empresarial.

Atualmente existem 60 dessas unidades de produção em 25 cidades da região Seridó, produzindo 23 mil peças por dia e 500 mil por mês, gerando 1.800 empregos diretos. Com a entrada da Guararapes na parceria essa produção será triplicada. Atualmente, 90% da produção são destinados para a Hering e para a RMNOR, existindo apenas duas unidades da Guararapes.

Governo do Estado debate Pró-Sertão com prefeitos do Litoral e Agreste

pro sertao

O funcionamento do Pró-Sertão e como os municípios podem aproveitar a oportunidade do programa para atrair facções e aumentar a geração de emprego. Esses foram os temas do encontro do secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho, com os prefeitos da região do Litoral e Agreste na tarde desta terça-feira (27), em Natal, na sede da Associação dos Municípios do Litoral e Agreste Potiguar (Amlap).

Contando com a adesão de 66 municípios até o momento, o Pró-Sertão – idealizado pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico em parceria com a FIERN e SEBRAE/RN – atuará na interiorização da indústria têxtil com a instalação de facções para trabalhar em parceria com três grandes empresas do setor de confecções do RN.

Durante o encontro com os prefeitos e representantes de mais de 15 municípios, o secretário Rogério Marinho destacou a importância da iniciativa do Governo do Estado em pensar um programa que alia vocação econômica, empreendedorismo e geração de emprego renda no interior. “O Pró-Sertão será responsável pela formação de um ciclo virtuoso na economia de todo o RN. Os gestores estão com a oportunidade de transformar positivamente a economia dos municípios ao apoiarem a instalação de facções e garantir a geração de emprego e renda”, avalia.

Nominuto.com destaca procura para se cadastrar no programa Pró-Sertão

facçãoO jornalista Airton Bulhões destacou que, em apenas três dias de funcionamento, já foram cadastrados pelo Pró-Sertão 38 prefeituras e 28 empresas. O programa desenvolvido pela secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico e com apoio da Federação das Indústrias do RN, através do SENAI, visa interiorizar a indústria têxtil potiguar. A meta é criar 360 unidades de facção para geração de 20 mil postos de trabalho até dezembro de 2018

A primeira rota de facções para atender as grandes indústrias locais – Guararapes, Hering e RM Nor – já está definida e será composta por 16 empresas instaladas na região Seridó.

Para garantir a oferta de mão de obra qualificada, o Pró-Sertão, por meio do SENAI, oferecerá cursos de capacitação para atender a demanda de funcionários das facções. A expectativa é que até o final desse ano, cerca de 2.500 novos profissionais sejam treinados para trabalhar nas facções.

Idealizado para interiorizar a indústria de confecções em todas as regiões do Rio Grande do Norte o Pró-Sertão aproveitará a demanda do crescimento do setor têxtil no RN durante o período 2013-2018. A estimativa do programa é gerar 20.000 postos de trabalho em 360 novas facções.

Após o cadastro inicial, as informações dos municípios e empreendedores serão unidas para avaliação e posterior encaminhamento ao SEBRAE/RN e Sistema FIERN onde serão definidas novas rotas de facções e a demanda de cursos para capacitação de mão de obra. O balcão de atendimentos do Pró-Sertão está aberto para empresários e prefeituras na SEDEC, em Natal, no Centro Administrativo do Estado, de segunda à sexta das 8 às 14h.

Governo inicia cadastro de municípios e empresários interessados em aderir ao Pró-Sertão

O primeiro dia de atendimento para cadastro no Pró-Sertão iniciado nessa segunda-feira (12) na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (SEDEC) já contabiliza números bastante positivos: 21 municípioas e 15 empresários interessados em aproveitar a oportunidade do programa.

De acordo com levantamento feito pela SEDEC – onde funciona o balcão de atendimentos – no primeiro dia foram cadastradas prefeituras de diferentes regiões, sendo o Alto Oeste com o maior número de prefeitos interessados em apoiar a instalação das empresas com galpões industriais, energia e água. No segmento empresarial, o perfil é de empresários que já atuam com facções, confecção em pequena escala e novos empreendedores que pretendem aproveitar a oportunidade comercial do Pró-Sertão.

Após o cadastro inicial, as informações dos municípios e empreendedores serão unidas para avaliação e posterior encaminhamento ao SEBRAE/RN e Sistema FIERN onde serão definidas novas rotas de facções e a demanda de cursos para capacitação de mão-de-obra. O balcão de atendimentos do Pró-Sertão está aberto para empresários e prefeituras na SEDEC, em Natal, no Centro Administrativo do Estado, de segunda à sexta das 08h às 14h.

João Maia comemora lançamento do Pró-Sertão

João Maia visitando uma facção no Povoado Currais Novos
João Maia visitando uma facção no Povoado Currais Novos

Para o coordenador da Bancada Federal do RN em Brasília, o deputado federal João Maia (PR) o lançamento pelo Governo do Estado do Programa Pró-Sertão significa não só um alento para as facções existentes e a criação de novas, como também a esperança da geração de milhares de empregos no nosso interior. João Maia teve uma participação importante na articulação dos faccionistas junto ao Governo, que a partir daí intensificou as parcerias com renomadas empresas no ramo de confecções.

O lançamento será às 10 horas desta segunda-feira (05) na Escola de Governo, em Natal. O programa será responsável pela abertura de 360 unidades de facção e pela geração de 20.000 postos de trabalho até dezembro de 2018, em parcerias com empresas como a Guararapes. A expectativa é que, com o Pró-Sertão, o interior seja capaz de confeccionar 150.000 peças de vestuário por dia.

“Venho defendendo há anos que a industrialização é o caminho a ser perseguido pelas regiões onde os recursos naturais são mais escassos. Seja bem-vinda Guararapes e todas as empresas que confiarem na habilidade e seriedade dos homens e mulheres de nosso interior”, escreveu João Maia no seu Twitter pessoal.

Posts Recentes

Posts Recentes

Categorias

Esse Batata… sei não!

O prefeito de Caicó Robson Batata Araújo não falou a verdade quando disse que o ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves lhe deve por uma

Leia Mais

PT perde de virada

A derrota por dois a zero nos acréscimos abateu a defesa de Lula. Leia o post de Gerson Camarotti: “O PT terminou a semana com

Leia Mais