Etiqueta: gasolina

Gasolina acumula alta de 20% em 12 meses, aponta IBGE

O preço médio da gasolina no país acumulou em 12 meses até setembro alta de 20%, segundo dados da inflação divulgados nesta sexta-feira (5) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Petrobras reduz em 0,59% preço da gasolina nas refinarias

A Petrobras reduziu em 0,59% o preço da gasolina em suas refinarias, depois de manter o preço estável por mais de uma semana.

Com o reajuste, que entra em vigor nesta terça-feira (25), o litro do combustível recuará de R$ 2,2514 para R$ 2,2381.

Apesar da queda do preço, o combustível acumula uma alta de 4,7% em setembro, o que significa um aumento acumulado de 10 centavos por litro.

Preço em alta da gasolina leva o consumidor a migrar para o álcool

O Preço em alta da gasolina está levando muito consumidor a migrar para o álcool. No último dia 5 de setembro, o preço da gasolina nas refinarias havia alcançado R$ 2,2069, no maior valor desde junho do ano passado, quando a Petrobras mudou a política de preços e passou a acompanhar as oscilações do preço da commodity no mercado externo.

De acordo com a pesquisadora da FGV Energia disse que esse quadro é favorecido pela perspectiva de uma boa oferta do etanol no mercado. Mas ela alerta sobre a possibilidade de uma mudança no mix de produção, caso ocorra uma sinalização de alta dos preços do açúcar no mercado internacional. Isso poderia levar as usinas a destinarem uma maior parte da safra para essa commodity.

Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado

A Petrobras elevou em R$ 0,02 o litro da gasolina nas refinarias, nesta quinta-feira (13), para as distribuidoras. O novo valor, de R$ 2,2514, vigora a partir da meia-noite de sexta-feira (14). O diesel, por sua vez, não teve aumento, ficando em R$ 2,2964 o litro, mesmo valor praticado desde o dia 31 de agosto.

Nos últimos dez dias, o preço do litro da gasolina nas refinarias já subiu R$ 0,08. Em 30 dias, subiu R$ 0,33, quando o litro era vendido a R$ 1,9173. O valor é menor do que o praticado nos postos, que têm liberdade para estipular o preço e incluem custos com mão de obra, operacionais e impostos.

Preço da gasolina nas refinarias da Petrobras sobe 1,02%

Depois de uma semana sem reajustes no preço da gasolina, a Petrobras anunciou hoje (12) aumento de 1,02% no preço do combustível comercializado em suas refinarias.

A partir de amanhã (13), o litro da gasolina passará a custar R$ 2,2294, dois centavos a mais do que os R$ 2,2069 cobrados desde 5 de setembro.

Gasolina e diesel já estão mais caros nos postos

Os aumentos dos preços da gasolina e do diesel nas refinarias chegaram às bombas na semana passada, segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis). Após um período de estabilidade, o preço médio da gasolina subiu 1,77% e o do diesel, 3,44%.

Os aumentos refletem o repasse da desvalorização cambial e de alta nas cotações internacionais dos combustíveis. Segundo a ANP, o litro da gasolina foi vendido na semana passada a R$ 4,525, em média no país. O litro do diesel custou R$ 3,489.

Novo aumento da gasolina: Temer! Vai botar no de Marcela!

Cinco dias após o último aumento no preço da gasolina, a Petrobras acaba de anunciar que a partir de amanhã (5), nas refinarias de todo o país, o preço do derivado estará 1,68% mais caro. Com o novo aumento, o preço do litro da gasolina passará de R$ 1,1704, que vigorava desde o último sábado (1º), para R$ 2,2069. É o valor mais alto cobrado pelo preço do litro da gasolina desde junho do ano passado, quando a Petrobras mudou a política de preços e passou a acompanhar as oscilações do preço da commoditie no mercado externo.

Em Natal, gasolina comum chega próximo a R$ 4,90

O preço da gasolina comum em Natal já está atingindo a casa dos R$ 4,89 nos postos de combustíveis da cidade. O aumento com relação aos preços praticados anteriormente chega a R$ 0,30 e foi autorizado pela Petrobrás na última sexta-feira (31), que aumentou em 1,54% o preço da gasolina nas refinarias, indo para R$ 2,1704 o litro. O preço da gasolina aditivada, por exemplo, já chega a R$ 4,99 nos postos de combustíveis.

Gasolina vendida nas refinarias está mais cara a partir de hoje

O preço do litro da gasolina vendida nas refinarias aumenta nesta quinta-feira (30) de R$ 2,0829 para R$ 2,1079. Já o preço do diesel permanece estável em R$ 2,0316. O aumento obedece à política de preços da Petrobras para a gasolina e o diesel comercializados com as distribuidoras e que “tem como base o preço de paridade, formado pelas cotações internacionais”.

De acordo com a empresa, a paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. A Petrobras informa ainda que a gasolina e o diesel comercializados com as distribuidoras diferem dos produtos no posto de combustíveis.

Preço de gasolina da Petrobras nas refinarias sobe a maior patamar desde greve dos caminhoneiros

O preço médio da gasolina praticado pela Petrobras nas refinarias está nesta em R$ 2,0544 sexta-feira (24), no maior nível desde a máxima de R$ 2,0867 por litro registrada em 22 de maio, início dos protestos de caminhoneiros que afetaram a economia do país como um todo.

O valor de R$ 2,0544 será mantido nas refinarias também no sábado, segundo informações no site da petroleira.

Petrobras anuncia aumento da gasolina nas refinarias

O litro da gasolina nas refinarias passará a custar R$ 1,9810 a partir desta sexta-feira (17), um aumento de 0,5% em relação ao preço de R$ 1,9711 cobrado hoje.

O reajuste consta da página da Petrobras na internet e indica que o preço do óleo diesel, congelado até o 1º de dezembro, como parte do acordo que levou ao término da greve dos caminhoneiros, continuará em R$ 2,0316, embutindo a subvenção concedida pelo governo quando das negociações com os grevistas.

Não paga a gasolina e nem o carro do som

A campanha de Jair Bolsonaro já arrecadou cerca de R$ 300 mil por meio de sua plataforma online.

Para uma campanha presidencial, não paga nem a gasolina do carro de som.

Gasolina mais barata

Petrobras reduzirá em 0,7 por cento os preços da gasolina nas refinarias, para 1,9331 real o litro, a partir de terça-feira, informou a estatal em seu site.

Preço médio da gasolina nas refinarias cai 1,10%

A Petrobras anuncia que o preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias, que entra em vigor nesta sexta-feira, 3, será de R$ 1,9465, indicando queda de 1,10% ante o atual de R$ 1,9682. O valor seguia o mesmo desde 28 de julho.

Preço médio da gasolina nas refinarias é mantido

A Petrobras anuncia que o preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias, será mantido em R$ 1,9682 nesta quarta-feira, dia 1º de agosto. O valor segue o mesmo desde 28 de julho.

O preço do diesel, por sua vez, segue inalterado desde o dia 1º de junho em R$ 2,0316. Nesta terça-feira, 31, vence o prazo do decreto que manteve a subvenção de R$ 0,46 por litro, em atendimento as reivindicações dos caminhoneiros na greve feita no fim de maio.

Preço da gasolina nas refinarias reduz ao menor nível desde o fim de junho

A partir desta terça-feira (24), a Petrobras reduzirá o preço da gasolina em 0,94% nas refinarias, a R$ 1,9426 por litro (hoje está em 1,9611). Com o reajuste, o combustível passará a ser comercializado no menor nível desde 29 de junho, quando o valor médio do litro da gasolina A sem tributo era de R$ 1,9262.

Petrobras reajusta gasolina em 0,9% nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (4) um reajuste de 0,9% no preço da gasolina em suas refinarias. De acordo com a estatal, o litro do combustível passará a custar R$ 2,0033 a partir de amanhã (5).

No mês, a gasolina acumula alta de 2,8%, já que, no final de junho, combustível era negociado a R$ 1,9486.

Gasolina recua em 21 Estados e no DF, diz ANP; preço tem baixa de 0,88% na média

O valor médio da gasolina vendido nos postos brasileiros recuou em 21 Estados e no Distrito Federal na semana passada, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), compilados pelo AE-Taxas. Apenas no Acre, Ceará, Maranhão, Mato Grosso do Sul e Roraima não houve recuo.

Na média nacional, houve baixa nos preços médios entre as semanas, de 0,88%, de R$ 4,538 para R$ 4,498.

Petrobras aumenta o preço da gasolina

A Petrobras elevou, nesta quinta-feira (28), em 1,23% o preço da gasolina comercializada nas refinarias. Com isso, o preço da gasolina A passou de R$ 1,9027 por litro ontem para R$ 1,9262 nesta sexta (29).

O preço do diesel segue em R$ 2,0316 por litro desde 1º de junho, quando a estatal reduziu em R$ 0,07 o preço. O compromisso foi originado da greve dos caminhoneiros, iniciada em 21 de maio. Uma das principais reivindicações da categoria era redução no preço do diesel.

Em março deste ano, a empresa mudou sua forma de reajustes, e passou a divulgar preços do litro da gasolina e do diesel vendidos pela companhia nas refinarias — e não mais os percentuais de reajuste.

A Petrobras adota novo formato na política de ajuste de preços desde 3 de julho do ano passado. Pela nova metodologia, os reajustes acontecem com maior periodicidade, inclusive diariamente.

Desde o início da nova metodologia, o preço da gasolina nas refinarias acumula alta de 46,63% e, o do diesel, valorização de 49,92%.

Valor

Petrobras anuncia aumento de 1,3% no preço da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (27) um aumento de 1,3% no preço da gasolina em suas refinarias. A partir de amanhã (28), o preço do litro do combustível aumentará R$ 0,02, passando de R$ 1,8783 para R$ 1,9027.

Apesar do reajuste, a gasolina acumula queda de R$ 0,06, ou seja, de 3,27% em junho.

Preço médio da gasolina cai pela terceira semana no país, diz ANP

O preço médio da gasolina nos postos de combustíveis brasileiros caiu pela terceira semana consecutiva.

Na semana encerrada em 23 de junho, o preço médio ficou em R$ 4,538 por litro, ou seja, 0,74% mais barato do que na semana anterior (R$ 4,572). A informação foi divulgada hoje, no Rio de Janeiro, pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Fátima Bezerra esclarece sobre uso de gasolina

Caro Robson Pires,

A razão desta comunicação é informá-lo de um equívoco no uso dos dados referentes à gasolina consumida em 2018 por senadores e senadoras, presentes na notícia https://www.robsonpiresxerife.com/notas/o-combustivel-de-fatima-bezerra/.

Diferentemente do que foi publicado, a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) o consumo de gasolina do mandato da senadora com o carro oficial do Senado, durante todo o ano de 2018, foi de R$ 1.441,33 e não de R$ R$ 203.305,76, conforme foi divulgado em seu blog. Os mais de R$ 200 mil são de gastos de combustíveis de todos os senadores da República juntos.

Todas as informações podem ser verificadas com correção no Portal da Transparência (https://www6g.senado.leg.br/transparencia/sen/3713/?ano=2018).

Sabemos que na era das fake news o cuidado com a informação verdadeira e correta aos leitores é ainda mais importante por parte daqueles que se propõem a fazer um trabalho sério e comprometido com o melhor para o Brasil.

Portanto, solicitamos que a informação seja corrigida e seja dada a devida exposição para sanar os prejuízos à imagem da senadora.

Atenciosamente,

Assessoria de Comunicação da Senadora Fátima Bezerra

Petrobras reduz em 1,24% o preço da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (18) uma nova redução no preço da gasolina em suas refinarias, desta vez, de 1,24%. Com o anúncio, o litro do combustível negociado no parque de refino da estatal custará R$ 1,8941, ou seja, 2 centavos a menos do que o preço atual (R$ 1,9178).

Em junho, a gasolina acumula queda de preço de 3,71% (7 centavos por litro). Nos últimos 30 dias, o recuo chega a 5,51% (11 centavos por litro).

Petrobras reduz gasolina em 1,59% nas refinarias a partir de quinta-feira

A Petrobras reduzirá os preços da gasolina em suas refinarias em 1,59 por cento a partir da quinta-feira, para 1,9351 reais por litro, versus 1,9664 reais anteriormente, segundo informações do site da companhia.

O movimento segue a política de preços da petroleira estatal para o combustível, que prevê ajustes até diários nas cotações de acordo com a variação de preços no mercado internacional e o câmbio, entre outros parâmetros.

Governo teme povo na rua contra preço da gasolina

O governo batizou de “primavera brasileira” o movimento dos caminhoneiros que parou o País nas últimas semanas em protesto contra os reajustes sucessivos do diesel.

Na comparação com o que ocorreu no mundo árabe, o Planalto avaliou que no Brasil a principal ferramenta de mobilização foi o WhatsApp e não as redes sociais Facebook e Twitter, que revelam, ao contrário do aplicativo, quem são os líderes do levante. Ciente disso, o governo decidiu voltar sua atenção para a gasolina. Quer evitar perder novamente o controle das ruas.

Gasolina custaria menos se Petrobras cobrasse valor pelo petróleo nacional

Cerca de 80% do combustível consumido no Brasil é feito com petróleo nacional, enquanto só 20% são importados. Mas por que, então, os preços no país dispararam com a alta no mercado internacional, como se todo nosso petróleo fosse importado?

Se a Petrobras considerasse apenas os custos nacionais de produção, poderia vender gasolina e diesel por um preço bem abaixo do atual, segundo analistas. Ainda assim, a empresa conseguiria lucrar e não teria risco de quebrar.

Preços disparam nas bombas: gasolina sobe 5%; etanol, 9%; e diesel 2%

Os motoristas pagaram em dobro pelo desabastecimento dos combustíveis em razão da greve dos caminhoneiros. Se não bastasse o transtorno com o tanque vazio, os preços subiram depois que as revendas começaram a ser reabastecidas.

Houve remarcações nos preços da gasolina, do etanol e até do diesel no comércio varejista em varios estados brasileiros.

A volatilidade dos preços da gasolina

Avançaram as conversas dentro dos ministérios de Minas e Energia e da Fazenda sobre a adoção de uma base de cálculo que “mitigue a volatilidade dos preços de combustíveis” –inclusive gasolina. As ideias estão sendo repassadas ao presidente da Petrobras, Pedro Parente.

A principal tese é a que prevê a contabilização de perdas e ganhos sobre os valores dos combustíveis por um determinado período –fala-se em um mês– para que só ao final a média seja repassada ao consumidor.

O aumento da gasolina alardeado nesta quarta (30) foi usado como exemplo. A variação do preço médio praticado pela Petrobras nas refinarias era, dia 21, R$ 2,0680. O desta quinta (31), R$ 1,9671. Ou seja, mesmo com o reajuste, houve queda acumulada.

Petrobras aumenta preço da gasolina nas refinarias

A Petrobras voltou a aumentar o preço da gasolina, depois de cinco quedas consecutivas do valor do combustível. A partir desta quinta-feira, 31, o preço nas refinarias subirá 0,74% e passará a ser de R$ 1,9671 por litro.

Em maio, o preço do combustível nas refinarias da Petrobras acumula alta de 9,42%, já que em 28 de abril o litro custava R$ 1,7977.

Estão roubando gasolina dos tanques dos carros

Como se não bastasse a dificuldade de conseguir combustível, os ladrões estão furtando gasolina dos tanques dos carros estacionados pelas ruas.

Os vândalos se aproximam dos carros e levam de cara limpa o combustível.

Petrobras reduz preço da gasolina em 2,8% nas refinarias

A Petrobras reduziu, pela quinta vez consecutiva, o preço da gasolina nas refinarias. A partir de amanhã (29), o combustível terá redução de 2,8% no preço e passará a custar R$ 1,9526 por litro. Desde 16 de maio, a gasolina não custava menos do que R$ 2.

Apesar disso, no mês de maio a gasolina acumula uma alta de 8,6%, já que, em 28 de abril, o litro do combustível tinha o custo de R$ 1,7977.

Petrobras anuncia nova redução no preço da gasolina

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (28) um novo reajuste no preço da gasolina nas refinarias. O preço do litro da gasolina cairá 2,8% a partir desta terça-feira (29), passando de R$ 2,0096 para R$ 1,9526.

Já o preço do diesel segue congelado em R$ 2,1016, conforme anteriormente anunciado. Apesar do novo anúncio de redução no preço da gasolina nas refinarias, o repasse do corte para o valor pago pelos consumidores nas bombas depende dos donos dos postos e pode demorar a chegar, uma vez que os protestos de caminhoneiros continua afetando a distribuição e o abastecimento no país, mesmo após anúncio do governo federald e novas medidas para por fim à paralisação.

Paraíba registra falta de gasolina em todo o interior do Estado

Com a greve dos caminhoneiros deflagrada desde de segunda-feira (21), o último posto a ter combustível em Campina Grande foi um micro posto rodoviário, localizado na rua Pedro II, Centro da cidade, que conseguiu fornecer gasolina até o meio dia desta quinta-feira (24).

Segundo o Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Interior da Paraíba – Sindirev, que representa toda a base de postos do interior paraibano, até agora só foi liberado 800 mil litros para o estado todo, servindo primeiro aos serviços essenciais.  A entidade também confirmou que não há previsão para retorno dos abastecimentos.

A assessoria da entidade informou que o presidente, Bruno Agra está em audiência com o comandante das distribuidoras e a direção Porto de Cabedelo, além da polícia militar, para negociar as medidas de pacificação e retomada do abastecimento.

Onde falta gasolina na Paraíba:

João Pessoa
Campina Grande
Juazeirinho
Junco do Seridó
Assunção
Tenório
Picuí
Alagoa Grande
Ingá
Juarez Tavora
Belém
Soledade
Areia
Guarabira
Remígio
Esperança
Fagundes Galante
Boqueirão
Barra de São Miguel
Caturité
Congo
Caraúbas
Sumé
Coxixola
Camalaú
São domingo do cariri
Serra Branca
Patos
Sousa
Monteiro
Santa Luzia
Livramento

Petrobras reduz preço da gasolina pelo terceiro dia consecutivo

A Petrobras anunciou hoje (24) a terceira redução consecutiva do preço da gasolina. A partir de amanhã, o litro do combustível passará a custar R$ 2,016 nas refinarias da estatal, uma queda de 0,72% em relação ao preço atual (R$ 2,0306).

Em três dias, o preço da gasolina acumula queda de 3,39%. Apesar disso, o combustível acumula alta de 12,14% em maio.

O diesel manteve o preço de R$ 2,1016 por litro. Ontem (23), a Petrobras reduziu o valor do combustível em 10% nos próximos 15 dias, devido à greve dos caminhoneiros. Motoristas de caminhão fazem manifestações em todo o país desde o final da noite de domingo (20) devido ao alto custo do diesel.

Em Brasília, litro de gasolina é vendido a 10 reais

Postos de gasolina, na capital federal, já vendem um litro de gasolina a 10 reais. Nesta madrugada, vários donos de posto de gasolina decidiram mudar o preço para não sair no prejuízo.

Não apenas os postos próximos à Esplanada dos Ministérios subiram o valor.

Absurdo: Gasolina chega a R$ 7 em Recife

Os efeitos dos protestos contra a alta dos combustíveis se estendem por todo o Brasil chegou às bombas da capital pernambucana, nesta quarta-feira (23), quando o preço do litro da gasolina ultrapassou R$ 7 em um posto da Zona Oeste do Recife (PE).

O valor do litro da gasolina no Posto Petrovia, localizado na Rua João Ivo da Silva, no bairro da Madalena, custa R$ 6,99, mas chega a R$ 7,04, quando é pago no cartão de débito; e R$ 7,19, no crédito. No mesmo posto, o litro do etanou custa R$ 3,25 no cartão de débito.

Alguns recifenses desistiram de abastecer no posto, segundo a reportagem do FolhaPE, que registrou o momento em que o cantor Almir Rouche pagou R$ 50 por, aproximadamente, sete litros de gasolina.

Após a chegada dos repórteres pernambucanos, o posto chegou a ser fechado pelos frentistas. Mas logo foi reaberto, após a saída da equipe de reportagem.

Preço do diesel e da gasolina terá redução nesta quarta

Após uma sequência de reajustes praticamente diários, a Petrobras reduzirá os preços da gasolina em 2,08% e os do diesel em 1,54% nas refinarias a partir desta quarta-feira (23), em meio a discussões dentro do governo sobre a alta dos preços dos combustíveis e protestos de caminhoneiros.

Segundo informou a petroleira, o preço da gasolina nas refinarias cairá de R$ 2,0867 o litro para R$ 2,0433 a partir desta quarta. Já o preço do diesel será reduzido de R$ 2,3716 para R$ 2,3351.

A Petrobras adota novo formato na política de ajuste de preços desde 3 de julho do ano passado. Pela nova metodologia, os reajustes acontecem com maior frequência, inclusive diariamente, refletindo as variações do petróleo e derivados no mercado internacional, e também do dólar. Somente na semana passada, foram 5 reajustes diários seguidos.

Preço da gasolina e do diesel terá novo aumento nesta terça-feira

Os preços do diesel e da gasolina voltam a subir nas refinarias a partir desta terça-feira (22). Segundo informações do site da Petrobras, a gasolina subirá 0,9% e o diesel 0,97%. Com a alta, o preço da gasolina passará a custar R$ 2,0867, enquanto o do óleo diesel sobe para R$ 2,3716.

Este é o 11º aumento do preço da gasolina nos últimos dezessete dias. A exceção ocorreu entre os dias 12 e 15 deste mês, quando a estatal interrompeu a sequência de altas ao manter o preço da gasolina em R$ 1,9330, e entre os dias 19 e 21 quando os preços passaram para R$ 2,0680. Ao longo do mês de maio, o preço da gasolina subiu 16,07%.

Posts Recentes

Posts Recentes

agosto 2021
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Categorias

Plantão médico

O ministro da Cultura, Roberto Freire (PPS), recebeu em Brasília representantes do Fórum Brasileiro pelos Direitos Culturais. O grupo reúne mais de 100 instituições da área.

Leia Mais

Lugar na vitrine

Dos 68 Deputados e Senadores, que concorreram a mandato de prefeito e vice, apenas 12 (17.4%) se elegeram. Do RN só o senador Jean Paul Prates (na

Leia Mais

O Brasil é uma piada!

O juiz federal André Jackson de Holanda, da 1ª Vara Federal Cível da Bahia, determinou que o presidente Jair Bolsonaro(PSL) apresente explicações, em um prazo de

Leia Mais