Penso, logo existo...

Tag: fazer

Sem fazer política com os mártires

O Ministério Público Eleitoral no Estado do Rio Grande do Norte recomendou ao capelão do monumento dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, em São Gonçalo do Amarante, que não permita propaganda eleitoral durante as comemorações festivas em homenagem aos Santos Mártires. O evento religioso começa no fim deste mês e segue até 3 de outubro, dia dos Mártires.

A recomendação ao capelão é para que não realize nem permita a realização por líderes religiosos e candidatos a cargos eletivos propaganda eleitoral de forma verbal por informativos impressos no templo. Caso a recomendação não seja cumprida, a Justiça Eleitoral poderá aplicar multa.

O documento frisa ainda que o pároco deve promover ampla divulgação do conteúdo da recomendação a todos os participantes da Festa dos Santos Mártires, inclusive artistas, religiosos ou convidados.

fazer, martires, Politica

Justiça proíbe Governo do RN de fazer operações financeiras com antecipação de royalties

A Justiça proibiu o Governo do Rio Grande do Norte de fazer cessão de créditos ao Banco do Brasil que sejam decorrentes de royalties e participações especiais, relacionados à exploração de petróleo e gás natural. A proibição é válida até 31 de dezembro de 2019. Para o banco, Justiça determinou que também se abstenha de realizar essa operação de crédito.

A permissão havia sido dada ao Poder Executivo por uma lei aprovada na Assembleia Legislativa em junho, e o governo pretendia utilizar essa transação para pagamento da folha de pessoal. Na decisão, o Juízo da 5ª vara da Fazenda Pública da Natal ainda ordenou que, na hipótese de já ter sido realizado algum ato nesse sentido, ficam os seus efeitos suspensos, sem eficácia prática, até novo posicionamento judicial.

antecipa, fazer, financeiras, governo, justi, opera, proibe

Em Natal, Garibaldi afirma ter vocação e experiência para fazer política do bem

O candidato ao Senado pela coligação 100%RN, Garibaldi Filho (MDB-RN) participou de movimentações políticas, em bairros de Natal, nesta segunda-feira (10). Ele foi a caminhada na zona Norte e esteve presente em reuniões com amigos e correligionários.

Em encontro com apoiadores, a convite do vereador Felipe Alves (MDB), Garibaldi discursou e falou sobre a motivação de ser candidato e político, que trabalha em defesa do Rio Grande do Norte.

“Tenho vocação para a política e hoje posso dizer que tenho a experiência necessária que me qualifica como um bom candidato. Sempre trabalhei em prol do nosso estado e com orgulho afirmo que ajudei muito. Não me envergonho da minha vocação e faço política para ajudar as pessoas.”, disse Garibaldi.

Antes dessa reunião, o candidato participou de caminhada da coligação 100%RN, ao lado do candidato ao Governo, Carlos Eduardo (PDT), na zona Norte, pelas ruas do bairro de Nova Natal. Ainda em Natal, na parte da noite, Garibaldi foi ao encontro com moradores dos bairros de Pirangi, Neópolis e Jiqui, na zona Sul da cidade, promovido pela vereadora Ana Paula e o ex-vereador Júlio Protásio, em uma escola particular.

Comunidade Mossoroense

O candidato à reeleição Garibaldi Alves encerrou sua agenda de atividades da segunda-feira (10) em conversa a comunidade mossoroense que reside em Natal. O evento foi iniciativa da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini e do vice-candidato ao Governo, Kadu Ciarlini (PP).

afirma, experiencia, fazer, Garibaldi, Natal, Politica

Adjuto Dias: “Iremos fazer um mandato participativo”

O candidato a deputado estadual Adjuto Dias (MDB) aproveitou a manhã deste sábado, 1, para caminhar e conversar com caicoenses na Feira Livre, Feira de Artesanato e Açougue e Mercado Público. “Os cidadãos precisam de representantes públicos que ouçam suas demandas, que encaminhem suas propostas e que, de fato, representem seus interesses nos poderes executivo e legislativo. Por isso, desde já, estou conversando com as pessoas e entidades pra construir um mandato participativo”, observou. O candidato está realizando caminhadas também nas comunidades de Caicó e distritos próximos. Na tarde e noite deste sábado, as movimentações acontecem em Palma e novamente no bairro Paraíba.

adjuto, fazer, iremos, mandato, participativo

De dentro da cadeia, Lula poderá fazer campanha para Fátima

Em uma reviravolta no julgamento da campanha do PT à Presidência da República, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiram – a portas fechadas – na madrugada deste sábado (1) autorizar a veiculação do programa presidencial do PT no horário eleitoral, desde que não haja a aparição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como candidato. Ou seja, Lula poderá fazer campanha para Fátima Bezerra ao governo do Rio Grande do Norte de dentro da cadeia.

Cadeia, campanha, dentro, fazer, Fátima, podera

Militares do RN vão fazer nova assembleia: salários

As associações representativas de oficiais e praças convocam a categoria para Assembleia Geral Unificada nesta terça-feira (04), às 14h no Clube Tiradentes – sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN). O assunto em pauta é a mobilização marcada para o dia 7 de setembro. O ato, definido pela categoria em Assembleia no dia 13 de agosto, tem como objetivo reivindicar o pagamento do décimo terceiro salário de 2017 para todos os policiais e bombeiros militares, da ativa, da reserva remunerada, bem como às pensionistas também. Em janeiro deste ano, o Governo do Estado se comprometeu, por meio do Termo de Compromisso, a efetivação do pagamento total ainda no início do ano. No dia 17 de agosto, o Governo do Estado pagou o décimo terceiro de 2017 para quem recebe entre R$ 3 mil e R$ 4 mil. No entanto, o Executivo ainda não tem data definida para pagar o salário de servidores que ganham acima do valor.

Assembleia, fazer, militares, salários

Nem pra fazer um chá

Você não encontra um eleitor do prefeito de Caicó Robson Batata Araújo preso e afastado do cargo pelo MPRN nem pra fazer um chá. Afinal? Quem elegeu Batata? É somente uma pergunta.

fazer

STJ rejeita libertar Lula para fazer campanha

A Quinta Turma do STJ rejeitou, por unanimidade, um pedido da defesa de Lula para permitir que o condenado deixasse a prisão e pudesse participar da campanha eleitoral. Os advogados do condenado pediam que essa medida (“efeito suspensivo”) durasse até que o STJ julgue o recurso pela análise do mérito da condenação no caso do triplex do Guarujá. A decisão foi tomada pelo colegiado em 2 de agosto, mas foi divulgada pela assessoria de imprensa do tribunal só hoje, uma semana depois.

campanha, fazer, libertar, rejeita

José Dias acusa TCE de fazer “política” contra Robinson

O deputado estadual José Dias (PSDB) criticou a decisão do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte de proibir o governador Robinson Faria (PSD) de contratar empréstimo junto a instituições financeiras dando como garantia royalties de petróleo e gás a serem recolhidos pelo Estado apenas em 2019.

De acordo com o parlamentar, a determinação demonstra que a Corte se transformou em um órgão de “militância política” contra o chefe do Executivo. “Os membros querem transformar a Corte em uma Corte política. Essa decisão é indevida e inepta. Sob o ponto de vista legal, não vale nada. O TCE é um simples órgão auxiliar da Assembleia Legislativa, mas se julga como poder. Por causa do nome de ‘tribunal’, se acha o dono do mundo”, afirmou Dias, em entrevista à 94 FM na quinta-feira, 9.

acusa, contra, fazer, Politica, Robinson

Existe um jeito certo de fazer cocô?

Mais uma vez estamos fazendo tudo errado. Uma das coisas mais naturais e que fazemos todos os dias (se tudo correr bem!) pode comprometer nossa saúde. Como? É isso mesmo, estudos indicam que o jeito mais comum de se fazer cocô no ocidente está incorreto, podendo causar diversos prejuízos físicos, como prisão de ventre, infecções urinárias, hemorroidas e outros. Com base nessas evidências, a empresa Squatty Potty foi pioneira na fabricação e venda do chamado banquinho de cócoras, um utensílio (como o da foto) que ajuda a manter as pernas elevadas na hora de evacuar. A empresa dos EUA se baseou em estudos que mostram como o modo tradicional com que usamos o vaso sanitário atrapalha diretamente as funções derradeiras de nosso sistema digestivo, pois complicam o fluxo do reto, sufocando-o e impedindo que nossas fezes sigam seu curso natural. Isso ocorre porque possuímos o chamado músculo puborretal. Sua função é ser uma válvula que auxilia na manutenção da nossa capacidade de controlar a eliminação das fezes. Ficar sentado (ou em pé) faz com que esse músculo trave o reto, mantendo um controle sobre nossas atividades fecais. Ocorre que pelo menos uma vez por dia é necessário aliviar nosso intestino, eliminando aquilo que o corpo humano não utilizou. Com o músculo puborretal impedindo isso, estamos, de certo modo, agindo contra nossa natureza e causando vários problemas à nossa saúde, dentre eles: prisão de ventre, hemorroidas, complicações no cólon, infecções urinárias ou problemas na pélvis. SOLUÇÃO Pra quem ficou assustado e já estava pensando em ligar para o médico, pode ficar tranquilo. Alguns povos orientais já sabiam disso muito tempo antes de nós, mas uma das primeiras empresas a capitalizar com o problema foi a Squatty Potty. Ela criou um suporte para que possamos fazer nossas necessidades básicas agachados – o banquinho de cócoras, que já ganhou versões nacionais e também pode ser feito em casa, já que é um objeto simples e seria um “faça você mesmo” de fácil execução. O suporte eleva as pernas, simulando a posição de cócoras. Essa postura ajusta o usuário à maneira correta de fazer cocô – a pergunta “como fazer cocô“, afinal, não é tão descabida como pode ter parecido quando você começou a ler esse texto. O banquinho de cócoras ajuda a pessoa a sentar no vaso sanitário com as pernas elevadas e assim relaxar o músculo puborretal, facilitando a passagem das fezes pelo reto. Fonte: Squatty Potty

certo, existe, fazer, jeito

Como fazer a troca de nome e gênero em cartórios?

As pessoas transgêneros passaram a ter a opção de troca de nome e gênero desde junho deste ano. Os procedimentos para a mudança foram definidos em regulamentação feita pela Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) estabelecendo que os interessados podem solicitar as alterações nos cartórios de todo o País sem a presença de advogados ou de defensores públicos.

Por meio do Provimento nº 73/2018, a Corregedoria do CNJ também definiu que as alterações poderão ser feitas sem a obrigatoriedade da comprovação da cirurgia de mudança de sexo ou de decisão judicial.

Estão autorizadas a solicitar a mudança as pessoas trans maiores de 18 anos ou menores de idade com a concordância dos pais. Conforme a regulamentação, podem ser alterados o prenome e agnomes indicativos de gênero (filho, júnior, neto e etc) e o gênero em certidões de nascimento e de casamento (com a autorização do cônjuge).

cartórios, fazer, genero, troca

Como fazer a troca de nome e gênero em cartórios

As pessoas transgêneros passaram a ter a opção de troca de nome e gênero desde junho deste ano. Os procedimentos para a mudança foram definidos em regulamentação feita pela Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) estabelecendo que os interessados podem solicitar as alterações nos cartórios de todo o País sem a presença de advogados ou de defensores públicos.

Estão autorizadas a solicitar a mudança as pessoas trans maiores de 18 anos ou menores de idade com a concordância dos pais. Conforme a regulamentação podem ser alterados o prenome e agnomes indicativos de gênero (filho, júnior, neto e etc) e o gênero em certidões de nascimento e de casamento (com a autorização do cônjuge).

cartórios, fazer, genero, troca

Continue lendo

PMN decide não ter candidato à Presidência nem fazer alianças

O Partido da Mobilização Nacional (PMN) decidiu em convenção hoje (21), em Brasília, não lançar candidatura própria à presidência da República nem apoiar candidato ao cargo no primeiro turno. O encontro ocorreu em meio a uma disputa judicial entre a legenda e a jornalista mineira Valéria Monteiro, pré-candidata à Presidência da República.

alian, Candidato, decide, fazer, presidência

Governo do RN vai fazer obras no Centro Administrativo

Para a execução de obras e serviços para o cercamento, drenagem e pavimentação do Centro Administrativo, o Governo Potiguar, por intermédio da Secretaria de Planejamento do Estado, autorizou a contratação do consórcio CLC/DOIS A/COSAMPA, constituído pelas empresas: Construtora Luiz Costa, Dois A Engenharia e Cosampa Projetos e Construções, pelo valor de R$ 14.683.739,70

administrativo, centro, fazer, governo, obras

Postulante a candidato a cargo eletivo pode fazer propaganda intrapartidária nos 15 dias anteriores à convenção partidária

Os pretensos candidatos a um cargo eletivo nas Eleições 2018 poderão realizar propaganda intrapartidária com vistas à indicação de seu nome, pela agremiação, para concorrer no pleito. Esse tipo de propaganda, realizado em âmbito estritamente partidário, está previsto na Lei nº 9.504/1997 (Lei das Eleições), artigo 36, § 1º.

De acordo com o Glossário Eleitoral, a propaganda intrapartidária é feita pelo pré-candidato para buscar conquistar os votos dos filiados ao seu partido – os que possam votar nas convenções de escolha de candidatos – para sagrar-se vencedor e poder registrar-se candidato junto à Justiça Eleitoral.

A propaganda intrapartidária pode ser veiculada mediante afixação de faixas e cartazes em local próximo ao da convenção partidária, sendo proibido o uso de rádio, televisão e outdoor. As peças publicitárias deverão ser imediatamente retiradas após as respectivas convenções, previstas para ocorrerem de 20 de julho à 5 de agosto.

Candidato, cargo, eletivo, fazer, intrapartidaria, postulante, propaganda

PCC monta ‘RH’, tem setor para prisões femininas e cria até curso de fazer bomba

O Primeiro Comando da Capital (PCC) montou um setor de “recursos humanos”, responsável pela manutenção de um cadastro atualizado de seus integrantes, além de organizar cursos de fabricação de bombas e de formar um “time” de matadores profissionais.

 A facção criou outro setor para expandir a atuação em presídios femininos, um PCC Mulher.

Essas são algumas das revelações da denúncia obtida pelo Estadão da Operação Echelon. Ao todo, 70 homens e 5 mulheres foram acusados pelo crime de organização criminosa pelo Ministério Público Estadual.

Bomba, curso, fazer, femininas, monta, setor

Continue lendo

O PT precisa de Rafael Motta para fazer federal

No coeficiente eleitoral, com menos de 200 mil votos uma coligação não faz um federal. O PT precisa dos votos do deputado federal e candidato à reeleição Rafael Motta (PSB) para conseguir atingir a votação necessária e conquistar uma vaga.  Sem os votos de Rafael, nem Mineiro nem Bonavides têm chances de ficar entre os oito.

fazer, federal, motta, precisa, rafael

Alckmin diz que Datena tem credibilidade e pode fazer votação gigantesca

O pré-candidato tucano à Presidência da República, Geraldo Alckmin, disse nesta quinta-feira (28) que o apresentador José Luiz Datena poderá fazer uma votação gigantesca em sua caminhada ao Senado. A declaração foi dada em Cascavel, no oeste do Paraná, onde Alckmin apresentou o programa de agricultura de seu plano de governo. “O Datena é um grande comunicador, está no rádio, na televisão, tem credibilidade e pode ter uma votação gigantesca. Acho importante a sua participação”, disse. Ao concorrer pelo DEM, Datena deve fazer parte da chapa de João Doria Jr. (PSDB), ex-prefeito de São Paulo e agora candidato ao governo do estado. O ex-governador paulista afirmou ainda que sempre procurou estimular as pessoas a participarem da política. Lembrou que quando Luciano Huck mostrou interesse em disputar a Presidência, ele também defendeu e chegou a sugerir ao Roberto Freire que oferecesse o PPS ao apresentador. “A pior política é a omissão, então a gente deve estimular que novas lideranças venham trazer sua contribuição”, disse.

alckmin, credibilidade, datena, fazer, gigantesca

Continue lendo

500 jovens de baixa renda podem fazer intercâmbio grátis

Jovens de baixa renda terão oportunidade de fazer intercâmbio no exterior de graça. A startup brasileira OBolsista levará, no segundo semestre deste ano, 500 jovens brasileiros para expandir seus conhecimentos e aprendizagem social em território internacional. O programa, destinado a estudantes de baixa renda que já concluíram o ensino médio, pode aumentar a capacitação profissional e pessoal dos participantes.

baixa, fazer, gratis, intercambio, jovens, podem, renda

Robinson promete fazer a estrada de Caicó a Jucurutu

O governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria ao lado do deputado estadual Vivaldo Costa disse hoje em Caicó que a ordem de serviço para a recuperação da RN 118 que vai do município até Jucurutu está pronta. E que a ordem de serviço será dada a partir de Caicó. A obra da estrada deve custar 35 milhões de reais. Disse que está aguardando apenas a liberação dos recursos pelo Banco Mundial. A obra é um pedido do povo. Não tem nenhum pai, disse.

Caicó, estrada, fazer, Jucurutu, promete, Robinson

Como fazer o alistamento militar pela internet; prazo termina dia 30

Ao contrário dos outros anos, em 2018 o alistamento militar passou a ser feito também pela internet em todos os estados do País. Assim, quem completa 18 anos até dezembro pode acessar este site e se cadastrar em poucos passos. Quem preferir realizar o processo em uma Junta de Serviço Militar deve procurar a mais próxima de onde mora para se inscrever. O prazo termina no próximo dia 30 para as duas modalidades de alistamento.
Ao acessar a página, o jovem deve informar se há algum motivo que o impeça de ingressar no serviço militar. Caso não haja restrições, basta clicar no quadro “alistamento militar” e em seguida criar uma conta para prosseguir com o processo. Quando o registro é concluído, é gerado um número no Certificado de Alistamento Militar (CAM). Com ele, o jovem pode consultar no mesmo site se prossegue para o Serviço Militar nas Forças Armadas (Marinha, Exército, Aeronáutica) ou se será dispensado, recebendo o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI).

alistamento, fazer, internet, militar, prazo, termina

Saiba qual é a melhor hora de fazer sexo

Depois da janta, antes de dormir ou logo de manhã, para começar bem o dia? Nada disso! De acordo com a médica especialista em hormônios Alisa Vitti, a melhor hora para fazer sexo é bem no meio da tarde, por volta das 15h. Se você tem um emprego convencional, a tarefa fica mais difícil, mas Vitti descobriu que é nesse horário que acontecem os picos de hormônio – portanto, vale a pena aproveitar os finais de semana. A melhor parte? De acordo com as pesquisas da médica norte-americana, o horário é bom tanto para mulheres quanto para homens – para casais héteros, essa é a combinação perfeita! Segundo os estudos, apesar dos homens apresentarem melhor desemprenho antes do meio dia, é no meio da tarde que eles têm mais tesão (graças a esse pico de hormônio), assim como as mulheres.

fazer, melhor, saiba

Continue lendo

Correntistas do BB poderão fazer consultas por Whatsapp e Twitter

Em solução pioneira, a partir da próxima semana, os clientes do Banco do Brasil (BB) poderão fazer consultas por meio das redes sociais Whatsapp e Twitter, sem a necessidade de entrar no aplicativo da instituição financeira no smartphone.

O banco também ampliou as transações financeiras que podem ser realizadas por meio da função Messenger do Facebook, que já estão disponíveis para quem usa a rede social. Todas as operações serão realizadas por meio de inteligência artificial.

consultas, correntistas, fazer, poder, twitter, WhatsApp

STJ: rejeitada liberdade de Lula para fazer campanha

O ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou nesta terça-feira um pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para permitir que o petista deixasse a prisão — na qual se encontra desde o dia 7 de abril — e pudesse participar da campanha eleitoral pelo menos até que ocorresse o julgamento do mérito de um recurso que contesta a condenação dele no processo do tríplex do Guarujá (SP).

campanha, fazer, liberdade, rejeitada

Correios vão fazer mutirão para normalizar distribuição de encomendas

Os Correios informaram hoje (6) que a postagem dos serviços com dia e hora marcados, como Sedex 10, Sedex 12, Sedex Hoje, Disque Coleta, Logística Reversa Domiciliária já está disponível nas agências. No próximo final de semana, haverá mutirões para agilizar a distribuição de encomendas e correspondências. Os serviços foram temporariamente suspensos durante a paralisação dos caminhoneiros, que durou 11 dias. Segundo a assessoria dos Correios, os prazos de entrega também estão normalizados. Ontem (5) foram entregues 29,5 milhões de objetos em todo o país.

Correios, distribui, encomendas, fazer, mutir, normalizar

Após ataque à ônibus, veículos licenciados estão autorizados a fazer lotação em Natal

Após criminosos atearem fogo em um ônibus neste sábado (02), no Bairro Nordeste, Zona Oeste de Natal, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) informou que carros, táxis, escolares e veículos de fretamento turístico devidamente licenciados estão autorizados a fazer lotação até a normalização da circulação dos transportes coletivos. O anuncio foi feito através de postagem no twitter @156Natal.

ataque, autorizados, ônibus, fazer, licenciados, Natal, veículos

Partidos terão mais 90 dias para fazer prestação de contas de 2017

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deu mais 90 dias para os partidos apresentarem, complementarem ou corrigirem as prestações de conta referentes ao ano de 2017. A decisão foi tomada pelos ministros por unanimidade hoje (17). O prazo conta a partir do dia 30 de abril, prazo inicial para cumprir com esta obrigação. A decisão foi tomada no âmbito da análise de um pedido assinado pelos partidos Avante, PCdoB, PMDB, PMN, PPS, PP, PROS, PSDC, PRP, PTB, PTC e PT, que solicitaram a suspensão do sistema eletrônico criado pelo Tribunal para que as legendas enviem suas contas, denominado Sistema de Prestação de Contas An

contas, fazer, partidos, presta

Temer faz balanço e diz que tem muito por fazer até o fim do governo

Em discurso de aproximadamente uma hora para apresentar o balanço de dois anos de seu governo, o presidente Michel Temer afirmou hoje (15) à tarde, durante cerimônia no Palácio do Planalto, que ainda resta “muito por fazer” nos meses que faltam para o fim do governo. Temer falou a uma plateia de ministros e parlamentares aliados. “Temos sete meses pela frente, temos muito por fazer e podemos fazer. Se em dois anos fizemos tudo isso, em sete meses podemos fazer pelo menos [mais] um terço”. Ao falar sobre o evento, o presidente, que assumiu o poder no dia 12 de maio de 2016, após o impeachment de Dilma Rousseff, frisou que não se tratava de uma comemoração, “mas de uma prestação de contas”. Segundo ele, “foram muitas realizações em pouco tempo”, ao creditar ao seu governo o fim da recessão econômica no país; a queda na taxa de juros, que atingiu o menor nível da história, e do risco Brasil; além de resultados recordes na balança comercial e melhoria no desempenho das empresas do país na Bolsa de Valores.

balan, fazer, governo, muito, Temer

Agripino vai fazer o mesmo que Gleisi: ser deputado federal

Como o blogue do Xerife antecipou, o senador José Agripino Maia deve repetir o que fará a senadora Gleisi Hoffmann (PT) no Paraná e o senador Aécio Neves (PSDB), em Minas Gerais: concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados. Nos bastidores, o assunto já é tratado. Enquanto isso, o deputado federal Felipe Maia (DEM) se prepara para ser indicado vice-governador na chapa do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT). As bases que já apoiam Felipe Maia nas eleições de 2006, 2010 e 2014 já estão sendo trabalhadas para engrossar o caldo da campanha de José Agripino a deputado federal. Agripino está no seu quarto mandato no Senado, já foi duas vezes governador e também administrou Natal, na época indicado pelo primo, o então governador Lavoisier Maia.

Agripino, Deputado, fazer, federal, Gleisi, mesmo

Henrique Alves não está impedido de fazer política

“Henrique não fará política de ‘qualquer espécie’, apesar de não haver qualquer ‘limitação’ para isso”. Foi o que disse o advogado Marcelo Leal que cuida de defesa do ex-deputado federal e em ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves. Ou seja… Se Henrique quiser poderá fazer política. Não está impedido.

Alves, fazer, Henrique..., impedido, Politica

Ciro diz que descarta fazer aliança com “quadrilha do PMDB”

O pré-candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, voltou a renegar uma eventual aliança com o partido do presidente Michel Temer, caso eleito. “Com a quadrilha do PMDB eu não quero negócio”, defendeu, durante entrevista ao programa Band Eleições, da Band, transmitido na madrugada desta terça-feira, 8. De acordo com o pedetista, governar com o apoio do MDB é o “caminho do fracasso sem falta”.

alian, descarta, fazer, quadrilha

Prostituição “não é fazer amor”, diz Francisco. “É torturar uma mulher”

O papa Francisco considerou esta segunda-feira que quem paga para ter relações sexuais é um criminoso e que isso significa “torturar as mulheres”, condenando o tráfico de pessoas e a prostituição. “Não é fazer amor. É torturar uma mulher. É uma doença”, disse Francisco durante a abertura da reunião pré-sinodal no Vaticano de preparação da XV Assembleia Geral ordinária do Sínodo dos Bispos. Nesta reunião, que decorre até 24 de março, participam, a convite do papa, jovens de todo o mundo, entre os quais três portugueses: Joana Serôdio, Rui Lourenço Teixeira e Tomás Virtuoso. O papa ouviu o testemunho de uma jovem mulher nigeriana que foi forçada a prostituir-se em Itália, para onde foi enganada, e que disse ao papa que muitos dos que recorrem a prostitutas são católicos. “Peço desculpas por todos os católicos que cometem esse crime”, disse Francisco, acrescentando ainda que é possível que entre os clientes da prostituição “90% sejam batizados católicos”.

fazer, Francisco, mulher, prostitui, torturar

Nulos, brancos e abstenções podem fazer coeficiente eleitoral despencar no RN

O coeficiente eleitoral, que define o número de votos necessários para cada vaga na disputa proporcional, poderá despencar nas eleições deste ano. Isso porque só são considerados os votos válidos para a conta e a expectativa é de um número recorde de votos nulos, brancos e abstenções. Inicialmente, estima-se um coeficiente de 200 mil para a Câmara Federal e 65 mil para a Assembleia Legislativa. Mas, esse número pode cair.

absten, brancos, coeficiente, eleitoral, fazer, nulos, podem