Etiqueta: Enem

Entenda como a nota do Enem é usada no Sisu

A partir de hoje (19), aqueles que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão usar as notas para ingressar em instituição de ensino superior pública pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Na hora da inscrição, o candidato insere o número de inscrição e a senha do Enem 2014 e o Sisu recupera, automaticamente, as notas obtidas no exame. Caso tenha esquecido a senha, é possível recuperá-la na página do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

Cada instituição pode adotar pesos diferenciados para as provas do Enem. A nota pode variar de acordo com o curso escolhido. Ao se inscrever, o sistema calcula automticamente e informa a nota para o candidato. Além disso, as instituições participantes do Sisu podem, eventualmente, adotar um bônus, a ser atribuído à nota dos candidatos, como forma de política afirmativa. Com isso, a nota desse candidato vai variar caso ele opte pela modalidade de ampla concorrência ou pela modalidade de ação afirmativa. Para cumprir a Lei de Cotas (Lei 12.711/2012), as instituições feedrais deverão reservar, no mínimo, 37,5% das vagas para os estudantes de escolas públicas. As instituições também podem ter ações afirmativas próprias.

Inep libera acesso ao resultado do Enem no fim do dia

enem fotoResultado individual do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deverá estar disponível apenas no fim do dia, segundo o Ministério da Educação (MEC). Já o espelho das redações serão disponibilizados em  até dois meses, provavalmente em meados de março.  Para acessar o resultado no site do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), os candidatos precisarão do número de inscrição ou do CPF e da senha criada na hora da inscrição. A senha poderá ser recuperada no próprio portal.

Os estudantes podem acessar as notas em cada uma das cinco áreas incluídas nos testes do Enem: ciências humanas, ciências da natureza, linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e redação. Já o espelho da redação, com as notas em cada um das competências avaliadas, será divulgado em até 60 dias. O acesso às correções da redação é apenas pedagógico, não cabendo recurso.

As cinco competências são domínio da norma padrão da língua escrita, compreensão da proposta de redação, capacidade de selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista, conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação e elaboração de proposta de intervenção para o problema abordado, respeitados os direitos humanos.

Mais de 500 mil estudantes zeraram a prova do Enem 2014

Na edição de 2014, 529.373 candidatos tiraram a nota zero na redação. Na outra ponta, 250 obtiveram a nota máxima. O resultado do Enem estará disponível ainda hoje (13) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O tema da redação foi “Publicidade infantil em questão no Brasil”. Na edição de 2013, com menos inscritos, 481 tiveram nota mil e 106.742 redações com nota zero.

Em 2014, dentre os que zeraram a redação, 13.039 copiaram textos motivadores da prova; 7.824 escreveram menos de sete linhas; 4.444 não atenderam ao tipo textual solicitado; 3.362 zeraram por parte desconectada e 955 por ferirem os direitos humanos. Outras 1.508, por outros motivos. Segundo o Inep, entre 2013 e 2014 houve uma queda no desempenho em 9,7% entre os concluintes do ensino médio, que foram 1.485.320 candidatos.

Ministro da Educação pretende discutir proposta que muda forma de fazer o Enem

cid gomes

O ministro da Educação, Cid Gomes, pretende discutir a possibilidade de tornar públicas as questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), liberando ao público um banco de dados com mais de 70 mil questões de todas as áreas. Com isso, a prova poderia ser feita por computador, aplicada em terminais em todo o país.

Hoje (9), em Recife, ele comentou a proposta, que seria uma alternativa que simplificaria e manteria a mesma confiabilidade do exame. De acordo com o ministro, tornar público não tornaria o exame mais fácil. Seria necessário ser “um gênio para memorizar todas as questões”. A prática, segundo o Ministério da Educação (MEC), já ocorre em outros países.

“Existe um esforço violento para fazer com que 7 milhões de pessoas sentem para fazer uma prova e isso naturalmente gera uma série de complicações”, disse. A intenção é que o exame não ocorra apenas uma vez por ano, mas que o candidato possa se inscrever e tenha um tempo para ir ao local de prova e fazê-la.

Novo ministro quer adotar Enem on-line e mais de uma vez por ano

O novo ministro da Educação, Cid Gomes, quer adotar uma prova on-line no Enem e ressuscitar um projeto do governo federal de aplicar mais de um exame a cada ano. “Vou levar a proposta à presidente Dilma”, disse ele à Folha, em referência às mudanças no exame para ingresso no ensino superior e que tem a participação de mais de 6 milhões de estudantes.

A ideia é acabar com a aplicação da prova num único fim de semana, criando uma janela de dias em que os alunos poderiam ir a locais credenciados para fazer o Enem. A prova deixaria de ser em papel e passaria a ser respondida em terminais de computadores, nos quais estariam disponíveis bancos de perguntas. “Cada aluno faria uma prova diferente, com escolha aleatória das questões”, afirmou Gomes.

Resultado do Enem 2014 será divulgado na próxima terça

A nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 será divulgada na próxima terça-feira (13) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), informou o Ministério da Educação (MEC). Para ter acesso ao resultado, os candidatos precisarão do número de inscrição ou do CPF e da senha criada na hora da inscrição.

Os estudantes já podem conferir o gabarito das provas desde o ano passado. A nota, no entanto, não considera apenas a contagem de acertos e erros. A correção é feita usando a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), em que o valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item. Assim, um item que grande número dos candidatos acertou será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. Já o candidato que acertar uma questão com alto índice de erros ganhará mais pontos por aquele item.

Resultado do Enem sairá entre 12 e 16 de janeiro

cartao enemO resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será divulgado entre os dias 12 e 16 de janeiro, conforme informou neste sábado (3) ao G1 a assessoria do novo ministro da Educação, Cid Gomes. As provas foram aplicadas nos dias 8 e 9 de novembro de 2014 e o anúncio das notas estava previsto para o início de janeiro, mas não havia uma data definida. O exame, que serve como critério de seleção para várias universidades do país, foi feito por 6,2 milhões de candidatos. O número é 24% mais alto que em 2013, quando 5 milhões de pessoas compareceram para fazer as provas.

Ainda de acordo com a assessoria do novo ministro da Educação, será aberto entre os dias 19 e 23 de janeiro o cadastro para participar da primeira edição de 2015 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O Sisu é um processo seletivo que usa as notas do Enem para selecionar estudantes em cursos de graduação de universidades federais e institutos tecnológicos de ensino superior. Para participar, é preciso ter feito o Enem em 2014 e obtido nota acima de zero na redação.

Quase 5 mil escolas tiveram média inferior a 500 na redação do Enem de 2013

Em todo o país, 4,9 mil escolas tiveram média abaixo de 500 na nota da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013. Elas representam pouco mais de um terço (33,87%) do total de 14,7 mil escolas cujos resultados foram divulgados hoje (22). Com essa nota, essas instituições são classificadas no nível 1, o mais baixo, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela prova.

Em relação ao desempenho individual, mais da metade dos alunos de 3,9 mil escolas tiveram nota inferior a 500. A nota máxima é 1 mil. Na outra ponta, apenas 16 escolas tiveram 800 ou mais na média da nota da redação, o que corresponde ao nível 5, o maior na escala do Inep. No total, 9,1 mil escolas tiveram alguma porcentagem de estudantes no nível 5. Apenas 39 tiveram mais da metade dos alunos nesse nível.

Estudantes acusados de fraudar o Enem são denunciados pelo MPF

enem fotoDois estudantes acusados de montar um esquema para acessar o conteúdo sigiloso no processo seletivo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), aplicado em novembro deste ano, foram denunciados hoje (15) pelo Ministério Público Federal (MPF) no Ceará.

A ação penal é assinada pelo procurador da República Celso Costa Lima Verde Leal, em Juazeiro do Norte, no Cariri cearense. De acordo com o procurador, os denunciados Bianca Miranda Matias e Valbert Souza Gomes contrataram um homem que, no segundo dia de aplicação da prova do Enem, repassou o gabarito do exame aos dois acusados, via celular.

Quadrilha cobrava até R$ 30 mil por fraude no Enem

Quatro pessoas foram presas na última sexta (14) pela Polícia Federal suspeitas de participarem de uma quadrilha que fraudou o Exame Nacional do Ensino Médio de 2013 e 2014. O esquema criminoso atuava na região do Cariri, no sul do Ceará, e cobrava até R$ 30 mil de candidatos interessados em ter ajuda da quadrilha para fazer a prova do Enem. O grupo focava candidatos ao curso de medicina em universidades públicas. A Polícia Federal do Ceará, responsável pela Operação Apollo, não detalhou a forma de atuação da quadrilha.

Durante a aplicação da última edicão do Enem, dois candidatos foram presos em Juazeiro do Norte (CE) no sábado (8) por fraudarem o exame. Inscritos como sabatistas –categoria que tem o direito a fazer a prova após o por-do-sol no sábado–, um homem e uma mulher foram flagrados com o gabarito da prova em seu celular.

Polícia Federal que investiga fraudes no Enem no CE, PB e PI

A Polícia Federal deflagrou hoje (14) a Operação Apollo, que investiga uma quadrilha acusada de fraudar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além de diversos vestibulares e o ingresso em universidades públicas pelo sistema de cotas. Ao todo, foram cumpridos quatro mandados de prisão temporária e nove mandados de busca e apreensão no Ceará, na Paraíba e no Piauí. Segundo a corporação, a investigação começou há 13 meses e, além das prisões ocorridas hoje, foram presos em flagrante dois candidatos do Enem 2014, no sábado (06), na cidade de Juazeiro do Norte (CE). “As investigações seguem agora para identificar todos os possíveis beneficiários do esquema criminoso, responsável por fraudes ao Enem 2013 e 2014”, informou a PF.

De acordo com a PF, o esquema tinha como centro de atuação a região do Cariri, no sul do estado do Ceará, mas as ações da quadrilha se estendiam também pela Paraíba. Os fraudadores direcionavam a atuação a candidatos interessados em ingressar no curso de medicina de universidades públicas. A corporação destacou que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelas provas do Enem, tem colaborado com as investigações desde o ano passado, “fornecendo as informações necessárias à identificação dos investigados e à elucidação da fraude”.

Gabarito oficial do Enem está disponível

O gabarito do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já está disponível na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O resultado final do exame será divulgado apenas em janeiro. Mesmo com o gabarito em mãos os candidatos não conseguirão saber a nota que tiraram, porque o sistema de correção do Enem usa a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), ou seja, o valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item.

Assim, um item que teve grande número de acertos será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. O estudante que acertar uma questão com alto índice de erros ganhará mais pontos por aquele item. O Enem foi aplicado no último final de semana a mais de 6,2 milhões de estudantes em 1,7 mil cidades em todo o país. No primeiro dia (8), eles responderam a questões de ciências e de ciências da natureza. No segundo dia (9), foram questões de linguagens, códigos e matemática.

Enem tem 28% de abstenção e 1.519 eliminados

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve 28,64% de abstenção, o que equivale a 2,4 milhões de candidatos. Mais 1.519 foram eliminados por desrespeitarem as regras do exame. Desses, 236 foram eliminados por uso indevido de celulares. O balanço foi divulado nesta noite pelo ministro da Educação, Henrique Paim. Na análise do ministro, a aplicação transcorreu com “tranquilidade, o que mostra que chegamos a um momento de consolidação desse processo”. O Enem foi aplicado neste sábado e domingo em 1,7 mil municípios.

“Tomamos medidas importantes no sentido que houvesse maior conscientização das pessoas que se inscreveram no Enem, chamando a atenção delas de que é importante a participação [no respeito às regras]. Tivemos uma melhora pequena”, avalia o ministro. “Vamos trabalhar e ver qual medida que temos que tomar, especialmente com os reincidentes”, acrescentou, ressaltando que podem ser tomadas medidas mais duras.

MEC cancela prova do Enem para alunos de escola em Extremoz

O Ministério da Educação cancelou a aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no Centro de Educação Profissional e Ambiental Escola das Dunas, localizada no distrito de Pitangui, na cidade de Extremoz, na Grande Natal. Em nota enviada às 15h57 à TRIBUNA DO NORTE, o MEC disse que cancelou a aplicação das provas na escola e que irá reaplicar o exame aos candidatos que foram ao local neste domingo (09). De acordo com a assessoria de imprensa do MEC, ainda não há data para a reaplicação de um novo exame e a prova terá temas e questões diferentes.

Na nota, o MEC informou que os estudantes da Escola das Dunas tinham conhecimento que a aplicação de provas atrasaria por conta da queda de energia no local. “Como não foi cumprido o protocolo de segurança que exige a espera em sala com os equipamentos eletrônicos desligados e guardados na embalagem porta-objetos; a aplicação das provas nessa escola foi cancelada. Haverá uma reaplicação para os participantes que estiveram presentes neste segundo dia de exame”.

Questionada a respeito da elaboração de uma nova prova e quantos alunos foram afetados, o Ministério da Educação informou que ainda não dá para afirmar quantos alunos porque há um protocolo de segurança para saber quem estava mesmo fazendo prova hoje. Ainda segundo o MEC, houve queda de energia também em uma escola de Manaus.

Tribuna do Norte

Falta de energia atrasa início de provas do Enem em cidade do RN

Candidatos aguardam início das provas na Escola das Dunas, em Extremoz (Foto: Luana Silva/G1)

G1/RN – Uma queda de energia atrasou a aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em uma escola no distrito de Pitangui, na cidade de Extremoz, na Grande Natal. O problema foi ocasionado por um acidente que aconteceu na madrugada deste domingo (9). A energia foi restabelecida por volta das 14h. A informação foi confirmada pelo coordenador operacional do Enem no Rio Grande do Norte, coronel Alarico Azevedo. Os candidatos já sabem qual o tema da redação deste ano.

“Quando os portões da escola foram abertos, nós entramos normalmente e fomos para as salas de aula. Já faltava energia elétrica e água. As salas tem pouca ventilação e o calor é insuportável. Decidimos sair e esperar que a energia fosse restabelecida. Como cada um ficou com o seu celular, pela internet soubemos qual o tema da redação deste ano. Eu já sei até de parte do gabarito”, disse a estudante Lírice Holanda, que tenta vaga na faculdade de psicologia.

Lírice disse que, por questão de justiça, não quer fazer a prova deste domingo. “É injusto a gente que já sabe do tema da redação fazer a prova hoje. Neste momento, os candidatos que fazem a prova aqui nesta escola estão reunidos aguardando um pronunciamento do MEC. Queremos a garantia que faremos a prova em outro dia”, concluiu. O G1 já procurou o MEC e aguarda retorno sobre o que será feito neste caso. A Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) já restabeleceu a energia no distrito de Pitangui.

Publicidade infantil é tema da redação do Enem

midia-indoor-mulher-caneta-papel-escrever-curriculo-selecao-processo-trabalho-carta-formulario-documento-assinar-contrato-escritura-mao-questionario-curriculo-resumo-assinatura-1271281389909_615x300O tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi Publicidade infantil em questão no Brasil, conforme divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Hoje é o segundo dia de prova do exame e também o mais temido por muitos candidatos, justamente pela elaboração da redação.

As provas começaram a ser aplicadas em todo o país às 13h, no horário de Brasília, e terão 5 horas e 30 minutos de duração. Além da redação, os candidatos terão que responder a questões de linguagens e códigos e matemática. Alguns cuidados devem ser tomados pelo estudante hoje à tarde. As redações com sete linhas ou menos receberão nota zero. A estrutura deve ser dissertativo-argumentativa, ou seja, os candidatos devem expor argumentos relacionados ao tema da redação, elaborando-os de forma consistente e coerente.

A proposta de redação do Enem sempre vem acompanhada de textos que podem servir de motivação para que os candidatos elaborem seus próprios textos. No entanto, o estudante não deve se restringir às ideias ali apresentadas, copiar trechos ou torná-los parte de sua argumentação. Tais procedimentos podem fazer com que o candidato perca pontos na avaliação de competências. Aquele que fizer qualquer brincadeira ou deboche vai tirar zero.

Candidatos do Enem têm hoje 5 horas e 30 minutos de provas

Candidatos chegam a local de provas para o primeiro dia do ENEM 2014 (Marcelo Camargo/Agência Brasil)No segundo dia de testes de conhecimento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), candidatos fazem provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Para isso, terão uma hora a mais que ontem, cinco horas e 30 minutos. Os portões abrem às 12h e fecham pontualmente às 13h, no horário de verão de Brasília. A recomendação é que os candidatos cheguem com uma hora de antecedência.

Os participantes devem levar documento de identificação original com foto, cartão de confirmação da inscrição e caneta esferográfica preta em material transparente. Não é autorizado o uso de celular ou qualquer aparelho eletrônico durante as provas. O autorretrato (selfie) é proibido. Candidatos identificados portando os objetos ou postando imagens e textos nas redes sociais serão eliminados. Ontem, 65 participantes foram excluídos do exame. A saída do local de prova é permitida após duas horas do início do exame, mas para levar o caderno de questões para casa é preciso esperar até 30 minutos antes do término.

Enem 2014: MEC lamenta morte de estudante

O Governo Federal, por meio do Ministério da Educação (MEC) e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, lamenta profundamente a morte da participante do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 Edivania Florinda de Assis. A estudante faleceu neste sábado (8), em Olinda (PE), no Colégio Santa Emília, onde faria as provas. Nesta oportunidade, o Governo Federal se solidariza com a sua família.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira emitiu uma nota de pesar em sua conta oficial, no Twitter.  Na noite deste sábado, a presidenta Dilma Rousseff também se solidarizou com o ocorrido ao se pronunciar em sua página oficial no Twitter e no Facebook.

dilma TT

Enem: 65 inscritos foram eliminados por uso indevido de celulares

A aplicação das provas do primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 transcorreu “dentro da normalidade nos 1.752 municípios”, na avaliação do Ministério da Educação (MEC). Em nota divulgada nesta noite, a pasta informa também que 65 inscritos foram eliminados por uso indevido de telefones celulares. O número já ultrapassa os 47 candidatos que foram excluídos do Enem no ano passado.

De acordo com a nota, o MEC, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e parceiros institucionais monitoraram pelas redes sociais as postagens relacionadas ao Enem. O comunicado diz ainda que o ministro da Educação, Henrique Paim, lamentou profundamente o falecimento da participante Edivania Florinda de Assis na escola em que realizaria a prova, em Olinda (PE), e transmitiu a sua solidariedade aos parentes da candidata. Paim também agradeceu a todos os parceiros e desejou uma boa prova aos estudantes que vão participar do exame amanhã (9).

Candidata ao Enem morre em Olinda

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nota na qual lamenta profundamente a morte da participante do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014, Edivania Florinda de Assis, ocorrida neste sábado (8), em Olinda (PE), no Colégio Santa Emília, onde faria as provas. Em nota, o MEC se solidariza com a família.

Candidatos que perderam o Enem no sábado podem fazer a prova no domingo

Os candidatos que perderam a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste sábado (8) e que desejarem poderão fazer a prova no domingo. Pelas regras do exame, nada impedirá que, chegando ao local de prova no horário previsto, até as 13h, no horário de Brasília, o candidato faça a prova.

Apenas um dia de prova, no entanto, poderá não ser suficiente para que sejam aprovados em programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e Programa Universidade para Todos (ProUni). Neste sábado, os participantes fazem as provas de ciências humanas e ciências da natureza. Amanhã, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. São mais de 8,7 milhões de inscritos, número recorde, que farão a prova em mais de 1,7 mil cidades.

Candidatos confundem UFRN com IFRN e perdem prova do Enem

O fiscal de loja José Márcio, 46 anos, confundiu o UFRN com o IFRN

No primeiro dia de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em Natal, alguns alunos acabaram excluídos da seleção porque confundiram o local de realização da prova. No Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), algumas pessoas voltaram para casa após perceber que estavam no local errado. O local correto para participar do exame seria a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Foi o caso do fiscal de loja José Márcio, 46 anos. Seria a segunda vez que ele realizaria a prova. Apesar de o cartão de inscrição constar o endereço da UFRN, ele disse que a informação não estava clara. “Deveria ter um ponto de referência. Me confundi e agora não vou fazer a prova”, contou.

José Márcio percebeu o erro tarde demais. Ao chegar ao IFRN, o relógio marcava 11h56, ou seja, faltavam apenas quatro minutos para que os portões fossem fechados. O que impossibilitava a tentativa de ir à UFRN. Além de José Márcio, a reportagem presenciou pelo menos mais dois candidatos com o mesmo problema no IFRN, mas estes não quiseram falar com a reportagem da Tribuna do Norte.

Prova do Enem teve charge da Turma da Mônica e questão sobre clonagem

O primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio 2014 (Enem) teve charge da Turma da Mônica, personagens do Maurício de Souza, e perguntas sobre a clonagem de células. Combustíveis ecológicos e a lei da sacolinha plástica, que proíbe sua distribuição, também apareceram em questões do Enem, segundo candidatos que fizeram prova.

A redemocratização do Brasil também apareceu entre as perguntas da prova de hoje. Segundo Gabriel Roberto, 18, uma das questões da prova era sobre patrimônio cultural imaterial e citava o queijo Minas.

Candidatos postam fotos de cartões de resposta do Enem na internet

cartao enemPortões fechados, começa a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Nas redes sociais, já começam a aparecer fotos de supostos cartões de resposta da prova deste ano, apesar de ser proibido. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) monitora as redes sociais e esses participantes poderão sem excluídos do exame. No Instagram, um usuário postou uma foto do cartão com uma caneta e a legenda: “Será que dá cão se tirar foto?”. Outros postam a imagem e ainda desejam boa prova. As respostas de outros usuários são imediatas: “Foi eliminado já!”, “deleta!”.

A regra com relação a smartphones e celulares está no edital: não é permitido portar máquinas calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, pen drives, mp3 ou similar, gravadores, relógios, alarmes de qualquer espécie ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens.

A recomendação é que os candidatos não levem esses objetos, mas, caso estejam com eles, guardem em porta-objetos fornecidos pela empresa responsável pela aplicação da prova. Os equipamentos e o celular deverão estar desligados. A embalagem deverá ser lacrada e identificada com o nome do participante. O porta-objetos deverá ser colocado embaixo da carteira e retirado apenas no fim da prova. Os candidatos que portarem qualquer um desses objetos durante a prova, que fizerem postagens de texto nas redes sociais ou trocarem mensagens eletrônicas ou e-mails também podem ser eliminados.

Enem: Candidatos farão provas de ciências da natureza e ciências humanas

Mais de 8,7 milhões de pessoas farão, hoje (7), o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 1,7 mil cidades em todo o país. Trata-se do número recorde de inscrições. Os portões abrem às 12h, no horário de Brasília, e fecham pontualmente às 13h, também no horário de Brasília, que adota o horário de verão. A recomendação é que os candidatos cheguem com uma hora de antecedência. A duração do exame será de quatro horas e trinta minutos e os candidatos resolverão questões de ciências humanas e ciências da natureza. Quem ainda não conferiu o local de prova, pode fazê-lo pelo site do Enem com o CPF e senha usada na hora da inscrição.

Os candidatos sabatistas, aqueles que guardam o sábado por motivos religiosos, devem chegar ao local de prova também entre 12h e 13h, no horário de Brasília. Eles, no entanto, aguardarão em uma sala o pôr do sol para iniciar a prova. Na hora de se preparar para sair de casa, caneta de tinta preta fabricada com material transparente e documento de identidade com foto não podem faltar. Caso não use a caneta preta, o estudante corre o risco de não ter o cartão de respostas registrado pelo leitor ótico.

Resultados do Enem saem em janeiro

Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deverão ser divulgados em janeiro, informou o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Chico Soares. Segundo o Inep, os gabaritos das provas objetivas serão divulgados na página da autarquia, no site do Enem até quarta-feira (12).

Já os resultados individuais serão disponibilizados em janeiro, mediante inserção do número de inscrição ou CPF e senha do candidato. As provas do Enem serão aplicadas neste fim de semana (dias 8 e 9) em 1,7 mil cidades. Mais de 8,7 milhões de inscritos inscreveram-se para o exame.

Fazer selfie durante provas do Enem está proibido

Durante o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está proibido fazer selfie. Os candidatos que postarem fotos de si mesmos no local do exame, da prova ou do cartão de respostas, mesmo que não esteja preenchido, poderão ser eliminados. A regra está no edital: não é permitido portar máquinas calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, pen drives, mp3 ou similar, gravadores, relógios, alarmes de qualquer espécie ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens.

A recomendação é que os candidatos não levem esses objetos, mas caso estejam com eles, guardem em porta-objetos fornecido pelo aplicador. Os equipamentos e o celular deverão estar desligados. A embalagem deverá ser lacrada e identificada com o nome do participante. Deverá ser colocada embaixo da carteira e retirada apenas no fim da prova. Os candidatos que portarem qualquer um desses objetos durante a prova, que fizerem postagens de texto nas redes sociais ou trocarem mensagens eletrônicas ou por e-mail também estão sujeitos à eliminação.

Resultado preliminar do Enem estará disponível em 27 de novembro

Escolas que tenham, matriculados, dez concluintes do ensino médio regular seriado e 50% de alunos participantes do exame terão acesso aos resultados do Enem de 2013 por unidade de ensino (foto: educacao.uol.com.br) A divulgação preliminar dos resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 por escola estará disponível em 27 de novembro, na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) na internet. Os procedimentos e critérios constam de portaria publicada nesta sexta-feira, 31.

Os resultados serão calculados e divulgados para a as escolas que tenham, matriculados, dez concluintes do ensino médio regular seriado e 50% de alunos participantes do Enem. Consideram-se concluintes os estudantes matriculados na terceira série do ensino médio, excluídos os do ensino não seriado, conforme os dados do Censo da Educação Básica de 2013. Como participantes do Enem são considerados aqueles que realizaram as quatro provas objetivas e a redação.

Os estabelecimentos cuja conclusão do ensino médio regular ocorra na quarta série devem encaminhar pedido específico de inclusão dos alunos concluintes nessa série. Os resultados do exame ajudam alunos, pais, professores, dirigentes das instituições e gestores educacionais na reflexão sobre o aprendizado no ensino médio e no planejamento de estratégias de melhoria da qualidade da educação.

Posts Recentes

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias

Ela só pensa em Lula

A senadora Fátima Bezerra, que é membro do Parlasul, assinalou que a prisão do ex-presidente já comove o mundo e que gestos como o que

Leia Mais