Suspeito de matar empresário do ramo de camarão no RN é preso

acusado

G1 RN – Foi preso na manhã desta terça-feira (15), no Ceará, o homem suspeito de ter matado com uma facada no peito o empresário e biólogo carioca Alexandre Alter Wainberg, de 54 anos, que cultivava uma fazenda de camarão e ostras no município de Tibau do Sul, no litoral potiguar. O crime aconteceu no dia 30 de julho do ano passado. O carcinicultor ainda foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital. Segundo a polícia, Leonardo de Melo Barros, de 26 anos, foi preso no bairro de Edson Queiroz, em Fortaleza.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito assumiu o crime, dizendo que matou o patrão porque sofria humilhações no emprego. O trabalho de investigação e a prisão, inclusive, receberam o nome de ‘Operação Importunos’, que em latim significa importunar, assediar moralmente.

Leonardo trabalhava há mais de quatro anos na fazenda do empresário e era tido como um funcionário de confiança. À época do crime, o delegado André Gurgel explicou que pelos depoimentos que foram ouvidos, o empresário foi morto por um motivo banal. “O Alexandre teria falado alto com o Leonardo, reclamado de um serviço que o funcionário não estava fazendo direito. Com raiva, ele matou o patrão”, relatou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2022
DSTQQSS
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031 
Categorias