Styvenson é brabo: ‘dou voz de prisão e ainda leva tapa’

O Capitão Styvenson Valentim – o homem da Lei Seca – é duro na queda. Ele disse que está preparado para lidar com políticos “oportunistas”. Alerta que será rígido com possíveis propostas indecorosas. “Não tenho dinheiro para dar a ninguém. Se entrar na política, eu espero que alguém me faça alguma proposta [de receber dinheiro ilícito], para ver se ela tem coragem. Dou voz de prisão e ainda ‘leva umas tapas’. É preciso acabar com estas situações”

2 respostas

  1. Não vai ser eleito. Ele não é burro de pensar que seria. A vitrine de uma campanha eleitoral já é muito arrebatador. Mas, com certeza, vai tirar muitos votos de alguém, e assim, favorecer outro. Quem seria o outro que levaria umas tapas, caso tentasse agradecer, pecuniariamente, por esse enorme favor?

  2. E ‘dar tapa’ em alguém está previsto em lei? O capitão já ouviu falar no princípio da legalidade?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

fevereiro 2023
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728 
Categorias