STF rejeita indicação de Bia Kicis para CCJ; Arthur Lira trabalha outro nome para cargo

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), tenta contornar a repercussão negativa da indicação da deputada federal Bia Kicis (PSL) para a presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Segundo o site O Antagonista, Lira avisou ao PSL que, caso a sigla não coloque outro nome, vai conduzir a deputada Margarete Coelho para o comando do colegiado.

O receio de Lira é que a condução de Bia acirre os ânimos com o Supremo Tribunal Federal. O temor não é infundado, já que, conforme o jornal O Estado de S. Paulo, ministros da Corte reprovaram a escolha da parlamentar para a CCJ. O recado, inclusive, já teria sido passado ao presidente da Câmara.

Lira disse aos deputados do PSL que o partido quebrou o acordo sobre a indicação para a CCJ. O PSL teria a primazia na indicação, porém o cargo deveria ser ocupado por um deputado considerado mais moderado. A ala bolsonarista do partido, do outro lado, quer manter a indicação de Bia Kicis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias