STF concede liberdade a ex-deputado condenado no processo do mensalão

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu o primeiro benefício de liberdade condicional a um condenado na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Na decisão, o ministro reconheceu que o ex-deputado Romeu Queiroz, condenado a seis anos e seis meses de prisão pelos crime de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, tem direito ao benefício, de acordo com a legislação.

Durante o cumprimento da pena, Queiroz perdeu o direito ao trabalho externo, por ter sido flagrado tomando bebida alcoólica no período em que deveria estar executando suas atividades. No entanto, a Justiça de Minas Gerais não considerou o fato como falta grave, capaz de inviabilizar a concessão do benefício. A legislação penal estabelece que o livramento condicional pode ser concedido ao condenado que cumpriu um terço da pena, não registrou faltas disciplinares e não voltou a cometer crimes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

agosto 2022
DSTQQSS
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031 
Categorias

Petroleiros cruzam os braços

Os petroleiros da Refinaria Gabriel Passos, em Betim, também se juntaram aos caminhoneiros e decidiram paralisar as atividades. “Os petroleiros não estão lutando por melhores

Leia Mais