Sesap alerta para risco da transmissão da raiva por primatas na região de Caicó

A secretaria estadual de Saúde está intensificando as ações de conscientização da população acerca dos riscos de se contrair a raiva através do contato com animais silvestres como saguis e macacos-prego. O alerta veio após a morte de uma pessoa com sintomas da doença na região da IV Unidade Regional de Saúde (Ursap), com sede em Caicó. Testes de laboratório estão sendo realizados pelo Laboratório Central (Lacen) para detectar se o animal estava ou não contaminado. De acordo com o Programa Estadual de Controle da Raiva da Sesap, o resultado dos testes sai até o final deste mês.

Segundo a subcoordenadora de Vigilância Ambiental (Suvam) da Sesap, Iraci Nestor de Souza, a vítima era uma trabalhadora rural que foi lesionada por um sagui. A mesma não buscou de imediato o atendimento médico e algumas semanas após o ocorrido ela foi internada apresentando os sintomas da doença. “Infelizmente, isso contribuiu de forma significativa para o agravamento do seu estado de saúde, vindo a falecer no último mês de janeiro”, explica Iraci.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2022
DSTQQSS
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031 
Categorias