Servidoras da Assembleia participam de programação do Outubro Rosa

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), cerca de 50 mil novos casos desse tipo de câncer são diagnosticados no País por ano. No Rio Grande do Norte, estima-se mais de 600 novos casos em 2013. O alerta faz parte da Campanha Mundialmente conhecida como Outubro Rosa que contou com a adesão da Assembleia Legislativa. Servidoras da Casa, vestindo rosa e com o símbolo da campanha a fita cor de rosa, participaram de uma palestra promovida pela Rede Feminina contra o câncer que há 46 anos trabalha para esclarecer a população sobre a doença. O encontro ocorreu no Salão de Eventos, nesta quarta-feira (9).

A palestrante, a presidente da Rede Feminina, Lindamar de Queiroz, teve câncer de mama há 27 anos e se dedica ao trabalho voluntário junto às mulheres vítimas da doença. “Eu não tinha informação. Fiz radioterapia e quimioterapia, não tinha bons equipamentos nem voluntários que fizessem a acolhida das pacientes. Por isso, desde 2008 eu me dedico às palestras de apoio e esclarecimento”, declarou Lindamar.

O alerta principal é quanto à necessidade do diagnóstico precoce. A mamografia periódica é indicada para todas as mulheres com mais de 40 anos, a melhor maneira para se detectar tumores ainda em fase inicial, possibilitando a cura em até 95% dos casos. O auto-exame uma vez por mês é indicado para todas as mulheres. A melhor época é logo após a menstrução. Para as mulheres que não menstruam mais, o auto-exame deve ser feito num mesmo dia de cada mês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

Categorias