Sensação térmica em Natal está até 2,5 graus acima da temperatura normal

Com 49 dias desde o início do verão, a expectativa da Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn) por uma estação mais abafada se confirmou. De acordo com o chefe de meteorologia do órgão, Gilmar Bristot, a percepção entre os natalenses não significa, exatamente, uma temperatura mais alta do que a média histórica, mas que se explica pelo aumento da umidade relativa do ar, fato que eleva a sensação términa na capital.

“A Emparn sempre trabalhou com a expectativa para temperaturas próximo à faixa normal, inclusive com a mínima até um pouco abaixo porque nós não estamos com nenhum fenômeno de muita variação.

No entanto, o que variou em relação aos verões passados foi a alta na média da umidade relativa do ar. Essa alta interfere direto na impressão de calor. A sensação térmica fica entre 2 e 2,5 graus celsius acima do que a temperatura normal”, explica Bristot.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Categorias