Penso, logo existo...

Eleições em Caicó (RN): Batata diz que vice de Arthur é acusado de receber R$ 300 mil em propina

Em vídeo que circula em grupos de WhatsApp o prefeito de Caicó (RN) e candidato à reeleição Robson “Batata” Araújo acusa o ex-prefeito Roberto Germano de ter recebido a quantia de R$ 300 mil legalmente. Diz Batata: “O ex-prefeito Roberto Germano não foi preso porque ficou em casa cirurgiado. Ele é acusado de ter recebido R$300 mil de propina quando era prefeito. Por que ele não foi preso? Indaga”. Roberto Germano é o candidato a vice-prefeito de Caicó na chapa encabeçada pelo candidato Arthur Maynard. O ex-prefeito Roberto Germano, lógico, nega essas acusações. “Não são verdadeiras. São falsas e eu posso provar tudo isso na justiça”, afirmou Roberto à época. Veja vídeo que circula em grupos de WhatsApp:

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Comentar

  • Parabéns, caro amigo Robson Pires por está sempre mostrando os corruptos e a enganação que faz com a nação. Este prefeito, moralmente não era nem pra ser candidato, já foi preso e ainda responde judicialmente pelo crime de corrupção que fez, que exemplo está dando as crianças, a juventude e sua honra moral? Veja que absurdo nas conversas zap, uma lâmpada custava mil reais 1000,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *