Segura a onda

Em entrevista à Veja, Paulo Guedes disse que o Brasil também precisa enfrentar a “segunda onda” da crise do novo coronavírus:

“Daqui a três, quatro ou cinco meses, essa primeira onda vai ter passado. A partir daí, estaremos presos numa segunda onda, que é a do desaquecimento econômico. A primeira onda, da saúde, já nos atingiu e começou a afetar a economia”, afirmou.

“Temos que pensar também em como sair da segunda onda que virá. Como? Retomando as reformas estruturantes. Quanto mais cedo, melhor. Se aprovarmos o saneamento, destravaremos a retomada dos investimentos.

O projeto do saneamento está no Congresso há um tempo. Se aprovarmos o setor elétrico, as privatizações e as concessões, vamos ajudar a atrair mais investimentos. A nossa capacidade de retomar o crescimento vai depender da velocidade que vamos retomar as reformas estruturantes.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias

O pau de Iberê

A governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria, PSB, vai cair em desgraça a partir de abril de 2010 quando deixar o cargo

Leia Mais

Sim! O novo papa tem FaceBook

Sim, Dom Jorge Mario Borgoglio, agora Francisco I, tem Facebook. Pra quem quiser deixar felicitações, clique no link: https://www.facebook.com/CadenalJorgeBergoglioFranciscoI?ref=ts&fref=ts Com informação de Josenildo Carlos

Leia Mais