Segunda onda de Covid-19 no Brasil é baixíssima, diz secretário

e Segunda onda de Covid-19 no Brasil é baixíssima, diz secretário

Adolfo Sachsida, o secretário de Política Econômica do governo federal, disse nesta terça-feira (17) que é “baixíssima” a probabilidade de que o Brasil seja atingido por uma segunda onda da pandemia de Covid-19, registra O Globo.

Segundo o economista, a secretaria monitora dados sobre casos e mortes relacionadas à doença para ajudar a planejar ações como a eventual prorrogação do auxílio emergencial e do estado de calamidade pública.

“Acho baixíssima a probabilidade de segunda onda. Não apenas isso: os dados que nós temos mostram algo concreto, que é a força da retomada econômica. O setor de serviços está cada vez mais forte”, declarou Sachsida, ecoando o discurso de seu chefe, Paulo Guedes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

O termômetro da eleição

Segundo analistas políticos, a campanha começou congelada no RN, um mês depois esfria menos até ficar morna. Esquentar mesmo, só na reta final. O eleitor

Leia Mais

Oxente, Batata!

De um atendo leitor do blogue do “Xerife”: Oxente! Como é que o prefeito eleito Batata Araújo – se é verdade – deseja fazer uma

Leia Mais