Secretário pede demissão após declaração polêmica

bruno

O secretário nacional de Juventude, Bruno Júlio, pediu demissão após dar uma declaração polêmica sobre as chacinas nos presídios de Roraima e Manaus, informou a assessoria do Palácio do Planalto, e o pedido foi aceito pelo presidente da República, Michel Temer.

Bruno Júlio, que é filiado ao PMDB e havia sido nomeado para a secretaria em junho, afirmou que tinham que ter matado mais presos e que deveria haver uma chacina por semana – e reafirmou a declaração em sua página pessoal no Facebook, antes de pedir demissão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

maio 2022
DSTQQSS
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031 
Categorias